Falta de apoio da prefeitura de São Paulo foi a principal razão alegada pela comissão organizadora para a não realização do CangaíbaFest2017 e isto causou desconforto com a Comissão  do evento que afirma não ter sido informada sobre o cancelamento do evento.  Os preparativos da festa tiveram inicio em meados de fevereiro e a programação aconteceria para celebrar o aniversário do bairro de Cangaíba na Zona Leste.

No ano passado o evento contou com a presença de mais de 7000 pessoas – público flutuante, e reuniu músicos como Dudu Nobre, Grupo Pixote, Art Popular, Leandro Lehart e artistas locais. Além das apresentações, barracas gastronômicas e um play grondcompletaram as atrações da festa.

E João Dória também esteve presente no evento do ano passado.

A assessoria de Dória a pedido de Júlio Semeghini, que é o atual titular da pasta da Secretaria de Governo solicitou ao curador do evento – Mário Luiz Cortes que autorizasse a participação do então candidato, pedido prontamente atendido pela organização.

Segundo os organizadores a Prefeitura Regional da Penha também não deram respostas mediante aos pedidos protocolados.

“Dória foi bem recebido pela Comissão dos Festejos no ano passado e reuniu-se em particular para ouvir e discutir sobre os problemas do bairro. Não esperávamos essa atitude da administração municipal. É típicaatitude oportunista muito presente na cultura política brasileira. A prefeitura de São Paulo não tem obrigação de prestar apoio a eventos na cidade, mas tem o dever republicano de responder a documentos protocolados. É uma irresponsabilidade; afinal a administração não é a sala da casa de nenhum deles”; diz Mário Cortes.

Mário Cortes

A decisão da administração municipal desagradou a muitos moradores que se manifestaram pelas redes sociais e prometem marcar uma reunião em 10 de junho para discutir o assunto e propor solução para o caso independentemente da prefeitura.

“Ao ignorar um pedido simples como esse a administração fornece combustível para que os moradores de Cangaíba se manifestem contra a polêmica forma de administrar da equipe de Dória onde o munícipe é desprezado e não tem interlocução com a coisa pública”, explica Cortes.

Nota da Prefeitura Regional da Penha

Sobre o cancelamento do evento de aniversário do bairro Cangaíba, a Prefeitura Regional Penha esclarece os fatos, para que a opinião pública saiba o ocorrido: A referida festa de aniversário deveria ser patrocinada por meio dos recursos de uma emenda parlamentar. Sabemos que esses eventos são custosos, pois somam pagamentos de cachês dos artistas, aluguel de palco, aluguel de equipamentos sonoros, custos com pessoal, técnicos etc.

Mas, no curso do processo, a Prefeitura de São Paulo fez um congelamento de emendas parlamentares, o que tornou inviável a produção do aniversário . Essa decisão se dá com objetivo de melhorar o uso do recurso público.

A Prefeitura Regional Penha, por sua vez, cumpre seu papel, e em nenhum momento se negou a contribuir com seu suporte para a realização do mesmo. Tanto que, por duas vezes, o prefeito Jurandir Junqueira Junior recebeu toda a comissão de organização do evento, e, na ocasião, se prontificou a colaborar, desde que houvesse os recursos necessários.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here