Texto: Eduardo Micheletto | Cada vez mais inserido no calendário dos foliões de SP, o Carnaval de Rua atraiu cerca de 9 milhões de pessoas, segundo um balanço divulgado pela Prefeitura de São Paulo, no último dia 14, que contabiliza o número de participantes dos desfiles entre os dias 3 a 13 de fevereiro.

A grande novidade deste ano, foi a abertura da Avenida 23 de maio para as festividades. Lá passaram 2,6 milhões de pessoas. Além disso, o grande número de blocos carnavalescos (387) superou as expectativas, tanto que neste quesito, houve um crescimento de 25% de inscrições.

Na Zona Leste, houveram 54 blocos desfilando nas principais ruas da região. A região da Sé, no centro, recebeu o maior número, 105 no total. Seguido pelos bairros de Pinheiros e Lapa, com 86 e 31, respectivamente.

Diante desse avanço, a Prefeitura de São Paulo realizou diversas alterações nas festividades, tentando não cometer os mesmos erros no ano anterior.

Para isso, o prefeito João Dória disponibilizou 10.000 banheiros químicos nos locais onde houveram desfiles, além de aumentar a fiscalização junto aos foliões que burlarem a lei e fizerem xixi nas ruas, sob uma multa estipulada em R$ 500,00. Segundo o levantamento divulgado no dia 14, 396 foliões foram multados. Outro acerto do atual prefeito, foi a regulamentação de 5 mil ambulantes, que puderam trabalhar dignamente durante o evento, gerando emprego e renda.

Porém, a adrenalina popular fez com que a cidade se tornasse um caos, com trens e metrôs lotados nos grandes centros, pois além da população local, houveram também um grande número de turistas, que visitaram a cidade e acabaram se encantando com as atrações, fazendo com que a festa ganhasse grandes proporções, mas nada que abalasse o grande sucesso deste evento, que a cada ano, ganha o coração dos paulistanos. Viva o Carnaval de Rua!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here