Com o intuito de regularizar a situação civil de 100 casais de várias idades, a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, por meio do Centro de Integração da Cidadania (CIC), unidade Leste, realizou na manhã de domingo (21) cerimônia coletiva gratuita no CEU Vila Curuçá-Irene Ramalho.

A realização do evento foi possível graças à parceria firmada entre o CIC como CEU, que cedeu o espaço. O Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais do Subdistrito do Itaim Paulista esteve presente na celebração providenciando as certidões de casamento aos noivos.

A entrada dos noivos na cerimônia foi marcada pela apresentação do coral da Guarda Civil Metropolitana.  Entre as canções executadas, a música “Como é grande o meu amor por você”, do cantor Roberto Carlos, emocionou os noivos e convidados.

O casal Eliana, 42 anos, guarda civil metropolitana, e Udeon, 45 anos, soldador, representou o enlace matrimonial de todos noivos. Eles nasceram na cidade de Jacobina, no sertão da Bahia, e tiveram um breve namoro. Aos 16 anos, Eliana veio para São Paulo e eles perderam contato. Após 25 anos, se reencontraram em São Paulo. “Quando Deus quer uma união, não importa o tempo, ela acontece.  Nossos caminhos se cruzaram novamente, estamos juntos há 7 meses e hoje selamos nosso união. Estamos muito felizes”, disse Eliana.

Idade também não foi problema para formalizar a união. “Quando ele pediu minha mão em casamento, eu não queria papel, igreja, então fomos morar juntos.  Agora que os filhos já estão criados, eu pedi e ele aceitou oficializar a união “, contou Dalva, 65 anos, dona de casa, fazendo menção a Donato, 70 anos, aposentado. O casal está junto há 44 anos e tem 7 filhos e 11 netos.

Para o casal Claudio Mauricio, 52, encanador, e Márcia Cristina 26, atendente, viver de acordo com  a lei é muito importante.  “Para Deus não há diferenças físicas, sociais, religiosas, somente o amor e o respeito, acima de tudo.  E é isto que estamos fazendo aqui hoje, celebrando o amor, a felicidade”.

Segundo a coordenadora geral dos CICs, Ilda Nascimento, o ato também busca resgatar a cidadania, o respeito e a autoestima dos casais que, muitas vezes, já mantêm relação estável há anos e não possuem condições financeiras para arcar com os custos da união no civil.

“O CIC, desde sua criação, em 2005, já realizou mais de 4.500 matrimônios proporcionando a realização dos sonhos de vários pessoas. Hoje é um dia muito feliz, eu estou vendo o brilho e a felicidade no olho de cada casal. Que Deus abençoe essas uniões”, disse Ilda.

Na ocasião, a coordenadora parabenizou a diretora do CIC Leste, Ivete Maria dos Reis, e os funcionários pela organização do evento e também agradeceu  a todos os parceiros envolvidos, entre eles, supermercados, floriculturas, estúdio de foto e filmagem , empresa de trajes a rigor e voluntários.

Para a doutora Ivete Maria dos Reis, lidar com a emoção das pessoas é algo mágico, “Fico tão feliz por cada casal, este ano tudo ficou muito aconchegante, muito amor envolvido, muita estória de amor guardada na gaveta por anos a fio e neste dia aberta e mostrado para a sociedade. Estou muito feliz com o trabalho realizado”, comemora Ivete Reis.

Após a cerimônia, foi servido um café da manhã para os noivos e convidados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here