O sorriso tímido não diz muito, mas os cabelos brancos são um reflexo da longa caminhada em sua trajetória. No dia 24 de março, Aridio P. Barreto, ou melhor, o Pastor Arídio se reúne com os seus amigos para comemorar. Eles dão risadas, posam para fotos e, quem não conhece a vida dele, não suspeita que tanta proatividade ajuda a não revelar a sua idade. Contudo, os companheiros vão aos poucos relembrando as diversas histórias durante as homenagens a ele e, de repente, uma sensação lhe sobrevém.Aquela ficha que cai e diz: 80 anos e ainda estou na ativa.

A caminhada não começou na Igreja Batista de Itaim Paulista, localizada na zona leste da capital, o que já é algo marcante, pois, ela tem mais de 50 anos de história e representa um dos marcos para este distrito de São Paulo devido aos projetos conquistados. Mas, só de construções de capelas, Aridioparticipou73 no Brasil e até na América Latina.

É preciso sentar e resgatar na memória que o quarto filho de Ubaldino Cunha Barreto e Aerozita Pinto Barreto, começou numa igreja de Porto Novo, em São Gonçalo (RJ). Não há nenhuma bíblia por perto, mas, aos 80 anos, já se tem muitas passagens gravadas no coração“(…) até aqui nos ajudou o Senhor” (Samuel 7.12),é uma das favoritas de quem sempre foi amparado por Deus desde os tempos dasua formação intelectual e espiritual.

Primeira Igreja Batista do Itaim Palista. O Pr. Aridio pastoreou essa igreja por mais de vinte anos. Foto: Vitor Passos

Enquanto os irmãos tiram as fotos para registrar aquele momento especial de aniversário, uma mulher de óculos se aproxima e o abraça. O gesto é modesto, porém é suficiente para demonstrar o amor que ela sente por ele. Os presentes sabem que Creuza Ligia Motta Barreto faz aquilo, porque, a maior parte de sua vida, esteve ao lado deste homem.

Talvez o fato de ter se casado nova com Aridio, a faça reconhecer com maior facilidade o que se passava por trás do seu olhar e, com isso, elatambém passou a lembrar dos anos em que ambos estiveram no Rio de Janeiro. Mas, não era ali que eles trabalhariam na obra, afinal Deus os levaria após dois anos e quatro meses, para dar início a primeira igreja batista de Itapema, em Guarujá (SP). Foram mais cinco anos pastoreando, aprendendo com a troca de experiência entre os membros, rindo e chorando, falando ou ficando quietos.

Aridio parecia aliviado em saber que, quando deixou mais essa parte missão de Cristo, aigreja estava muito bem estruturada – antes de ser transferido para mais um desafio, só que, agora, em Manhuaçu (MG). Nesse instante, Creuza se distância, para continuar conversando com as pessoas e dando a elas um ótimo tratamento cordial, enquanto o marido vai lembrando que na cidade mineira o tempo de 12 meses foi o suficiente para unir os evangélicos daquela localidade em prol de um Hospital Evangélico.

Não chegaria a ver a construção tão de perto, mas agradece, corriqueiramente, nas orações ao saber que, nos dias atuais, ele está funcionando e é um dos principais serviços de saúde que assistem os moradores da cidade. Nas conversas, Creuza diz que fizeram a sua parte em deixar uma “pedra” para o projeto.

Pela graça Deus, teve mais tempo na cidade de Santos (SP), onde liderou a unidade por nove anos. Se tivéssemos a oportunidade de conversar com oscristãos deste período, sinto que todos esboçariam o quanto foi importante os projetos, como “Famílias Substitutas”, que atendiam muitas crianças abandonadas e em situação de risco com a participação do Conselho Tutelar.

Voltando si, olhou para todos em sua volta. Observou os rostos marcantes e que sem dificuldadeseram identificados.

Aqueles que um dia foram as suas ovelhas por 25 anos, desde que saiu de Santos e, enfim, parou em Itaim Paulista. Após a sua aposentadoria, foi sucedido pelo Pastor Esmael de Oliveira na Igreja Batista de Itaim Paulista. Ficou descansando alguns meses, mas voltou para ajudar alevantar a igreja batista da Vila Itaim (IBAVI) que caminhava com muitas dificuldades.

E mesmo depois de dar início as iniciativas Sopão na Madrugada, CECON – Centro de convivência de pessoas com necessidades especiais; Grupo de Missionários Construtores, Escola gratuita de Elétrica, além de ter aumentado a capacidade da igreja e construído a quadra esportiva com área de apoio.

Ao se levantar da cadeira, percebeu que o tempo voou durante todo o período em que trabalhou feliz para difundir a palavra de Deus, através da Igreja Batista e percebeu que ainda tem muita estrada para percorrer agora na pequena Igreja Batista da Vila Itaim-IBAVI.

Ajuda Humanitária

Já aos 80 anos, e com a saúde do casal um pouco debilitada,   pastor Aridio e irmã Creuzinha ainda reuniram    forças para socorrer uma familia carente com uma mãe e quatro filhos, sendo um recem nascido de cinco dias dando abrigo provisório na igreja, enquanto reunia um grupo de irmãos para reconstruir a pequena casinha na beira do rio Tiête.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here