Por iniciativa da Senadora Marta Suplicy (PMDB), o Instituto Federal de São Paulo recebeu a visita do Ministro da Educação Rossieli Soares da Silva para assinatura do termo de autorização de funcionamento do Campus São Miguel.

O encontro promovido pela gestão do Instituto Federal de São Paulo – Campus São Miguel, nesta segunda-feira, 18, contou com a presença do Ministro da Educação Rossieli Soares da Silva que veio a São Paulo para assinar o termo de autorização de funcionamento do campus avançado de São Miguel. Na mesma solenidade a Senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) aplaudiu a decisão e reforçou o seu apoio ao trabalho do novo ministro que assumiu recentemente o comando da pasta do MEC (Ministério da Educação), além de reforçar a importância do Instituto Federal para São Miguel e para a Zona Leste de São Paulo.

Durante a sua fala Rossieli destacou a baixa adesão da parcela jovem da sociedade brasileira no ensino técnico (8%), se comparado a outros países como, por exemplo, nos Estados Unidos (25%). Em entrevista ao Grupo Acontece de Jornais e Revistas, o ministro esboçou as suas percepções sobre o impacto educacional que o Instituto Federal poderá trazer para a cidade de São Paulo, o seu papel na frente do ministério e as suas metas.

“Temos que dar oportunidades para os jovens e ampliar os espaços, inclusive os já existentes em áreas onde os jovens estão mais desamparados e precisam mais de oportunidades, queremos contribuir para aumentar o número de jovens no ensino técnico, como também brigar para aumentar o número de jovens na universidade, ou seja, mais oportunidades. Hoje, o Instituto Federal é uma das instituições mais reconhecidas do Brasil e, para a zona leste de São Paulo, ele possui um significado impar no desenvolvimento da região”, afirmou Rossieli Soares.

Já a Senadora Marta Suplicy destacou a luta da comunidade para que a unidade passasse a funcionar. Ela mencionou sobre as suas primeiras vistorias no local e disse que ficou “pasmada” quando observou que uma aula de qualidade estava sendo ofertada para poucos alunos. Em 2016, a obra ficou muito tempo abandonada e sem vigilância acabou virando lar para os moradores de rua e usuários de drogas. A recuperação começou quando o Jornal Acontece Agora fez uma dura reportagem denunciando o abandono.

Hoje o cenário é de grande expectativa e otimismo, e cada centavo investido tem sido revertido num programa de qualificação exemplar para a região, concluiu Marta, durante a sua fala.

Cobrança

Entre os presentes, o Deputado Federal Paulo Teixeira (PT-SP) aproveitou a ocasião para perguntar ao Ministro da Educação Rossieli Soares, sobre a situação atual do projeto que visa a implantação da Universidade Federal da Zona Leste na Avenida Jacu Pêssego, uma das principais vias da zona leste paulistana.

Ainda em 2010, uma UNIFESP já estava nos planos do governo federal. A expectativa é que o funcionamento completo fosse estabelecido no segundo semestre de 2016. Porém, atualmente, a implantação segue aguardando funcionários e docentes, para seguir com as liberações das vagas e término das obras. O Ministro Rossieli informou que ainda nesta semana somará forças com a senadora Marta Suplicy para verificar o que está pendente. Segundo ele, o projeto deverá sair do papel o quanto antes para a expansão da educação pública e gratuita na região.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here