Diante da grande evolução da medicina, o poder da Reflexologia podal tem trazido vários benefícios para a saúde e contribuído no tratamento de vários tipos de doenças.

Para entender melhor, a técnica é aplicada a partir da pressão sobre pontos específicos dos pés relacionados com as várias partes do corpo. Quando estes pontos são pressionados, o cérebro envia mensagens para as glândulas correspondentes, elas por sua vez, entendem que precisam liberar hormônios benéficos para auxiliar a reparação ou prevenção de determinados órgãos do corpo.

Segundo os profissionais a pressão em diversos “pontos reflexos” ao longo do pé aliviam sintomas, que embora eles não prometam a cura da causa fundamental, eles acreditam que sua técnica pode aliviar uma grande variedade de problemas relacionados ao estresse assim como dores de cabeça (tanto causadas por tensão ou enxaquecas), síndromes pré-menstruais, asma, desordem digestivas, condições da pele tais como acne e eczema, dores crônicas de origem ciática e artrites. A Reflexologia  é também algumas vezes usada para sintomas neurológicos como os vistos em esclerose múltipla.

O aposentado Geraldo Nunes já realizou algumas sessões deste tratamento, segundo ele, a técnica realmente contribuí para uma melhorará positiva, “eu sentia muitas dores nas costas, dor na cabeça, cansaço e exaustão, mas quando optei em fazer algumas sessões da Reflexologia senti um alivio nas dores e com o tempo me sentir mais disposto, sendo assim eu indico a Reflexologia”, explica ele.

Como os tratamentos são realizados?

Diferente da massagem onde estão envolvidos movimentos generalizados de pressão, alisamento entre outros, os reflexologistas usam suas mãos para aplicar pressão a específicos pontos do seu pé.
Normalmente você permanece totalmente vestido, sentado com suas pernas numa posição onde elas ficam elevadas ou deitadas sobre uma maca. O reflexologista pode colocar talco ou loção no seu pé para facilitar a manipulação.

Depois de gentilmente massagear seu pé, o reflexologista começará aplicando pressão aos pontos reflexos que correspondem ao seu problema de saúde. Ele irá tratar primeiro um pé, depois o outro. Alguns acreditam que é mais positivo começar com o pé esquerdo. Não é necessário nenhum instrumento, mas alguns praticantes usam dispositivos tais como: ponta de borracha para aplicar pressão. Se você tem problemas nos pé, tais como grandes calosidades ou  “olho de peixe”, talvez o reflexologista encaminhe você a um podologista para tratamento. Embora a grande maioria dos reflexologistas trabalhe apenas com os pés (um pequeno número trabalha com as mãos), eles não tratam problemas de pés como calos, micoses etc.

Você também pode aprender a fazer Reflexologia em si mesmo, desde que o seu reflexologista lhe ensine a técnica mais apropriada para o seu problema.

Normalmente as sessões duram de 30 a 60 minutos.
No início, as sessões são realizadas 1 ou 2 vez por semana. Depois das primeiras semanas as sessões podem passar a ser quinzenal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here