Texto: Henrique Santos | Inicialmente programado para esta manhã de sábado, 7, o treino do Corinthians teve que ser alterado após o imbróglio com o Ministério Público de São Paulo, para a noite desta última sexta-feira, 6, às 20h. Segundo o clube, cerca de 37 mil torcedores compareceram na preparação antes da grande final do Campeonato Paulista contra o Palmeiras. O clima de festa começou à 1km do estádio, com a chegada a pé da delegação no meio dos fanáticos corintianos. Aos poucos, os jogadores desceram do ônibus estacionado na Radial Leste, na altura da estação de metrô Arthur Alvim, e foram recebidos por uma massa de pessoas das mais variadas idades.

Dentro da Arena Corinthians, além de um festival de fogos e sinalizadores, o clima de apoio foi unânime à equipe na esperança de conquistar o título. Aparentemente, o fato de não haver uma decisão entre os arquirrivais há 19 anos, tornou a briga pela competição ainda mais acirrada. Conforme apurou a reportagem, o reencontro traz à tona a história emblemática de quem presenciou este confronto em 1999, e também desperta a importância deste duelo na nova geração de torcedores.

“Infelizmente não tive a oportunidade de acompanhar a última final do Paulistão entre estes dois clubes. Mas, tenho certeza, de que comparecer a este treino aberto é de grande importância para apoiar os jogadores, porque não poderemos ir para incentiva-los durante os 90min do jogo. Depois deste treino, os jogadores darão a vida em campo, com mais vontade e com raça”, afirma Huilton Cascimiro, 32, que aproveitou a chance para torcer antes do grande dia.

No discorrer da semana, o Timão comunicou que 41.500 ingressos foram trocados por alimentos não-perecíveis (doados para a ONG For Life Foundation) e, de fato, com exceção do setor oeste, os demais estavam cheios de homens, mulheres, crianças e idosos, com a camisa e outros adereços estampando o escudo do time.

Invasão corintiana

Assim que os jogadores e a comissão técnica deixaram o campo no término das atividades, um torcedor ousou pular a proteção e correr com uma bandeira do Corinthians amarrada em suas costas dentro das quatro linhas. A atitude inspirou outras pessoas a fazer o mesmo e, devido a numerosa invasão, os funcionários da Arena Corinthians foram orientados a permitir que todos acessassem o gramado.

O campo se tornou o palco da celebração e os torcedores utilizaram o espaço para continuar o incentivo iniciado nas arquibancadas. Rostos pintados, bandeiras e as mais diferenças crenças como, por exemplo, guardar um pedacinho da grama no bolso, foram apenas um pouco da festa presenciada pelo Grupo Acontece de Jornais e Revistas.

Escalação

O técnico Fábio Carille não revelou muito sobre o time que enfrentará a equipe do Palmeiras. Mas, durante o treino recreativo, a escalação dos titulares foi: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf, Maycon, Jadson e Rodriguinho; Matheus Vital e Romero.

Segundo o técnico, ainda há algumas dúvidas e os 11, que entrarão em campo no Allianz Parque, no domingo, 8, às 16h, só serão divulgados hoje.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here