Primeiras iniciativas da Prefeitura Regional de Itaim Paulista em parceria com a Secretária do Verde devem começar a partir deste mês no Parque Linear Água Vermelha

Texto: Henrique Santos | Durante toda a manhã, servidores regionais e os representantes da Secretaria do Verde e Meio Ambiente se reuniram na quinta-feira, 1, para programar as ações de preservações nos parques lineares e fechados no bairro de Itaim Paulista, localizado na zona lesta da capital. Entre os oito espaços verdes do distrito, as ações deverão começar pelo Parque Linear Água Vermelha já neste mês a partir do dia 12.  O encontro também reuniu representantes da comunidade local e os veículos de comunicação, com o objetivo de mobilizar a população em um grande mutirão.

Segundo o levantamento da Rede Social por Cidades Justas e Sustentáveis, Itaim Paulista é um dos bairros que apresentam um índice baixíssimo de preservação ambiental com apenas 3,6% de um total de 15km² – incluindo a Vila Curuça. Mas, parte do pouco que possui, apresenta um cenário de descaso com lixos jogados indevidamente por todas as partes que, na opinião de gestores especializados no assunto, começa ainda cedo. ”O grande problema está na educação. Se não trabalharmos com as escolas, encontraremos sempre um entrave”, afirma Carlos Alberto Said, o coordenador da Divisão Técnica de Gestão de Parques (DEPAVE).

O Grupo Acontece de Jornais e Revistas também registrou as queixas dos munícipes presentes que, dentre as diversas pautas levantadas, elencaram a falta de atenção do poder público como a razão para o mato alto, falta de iluminação e a insegurança. “Desculpem, mas moro numa área em que não vejo as ações de zeladoria. E tudo isso pode oferecer riscos aos moradores da região e usuários do local”, desabafa Marcio Coutinho, responsável pela ONG Somos ZL solidários.

Atualmente, a Secretária do Verde recebe a menor verba entre os órgãos públicos para se subsidiar. O argumento defendido pela Diretora do DEPAVE, Deize Perin, é trabalhar com o disponível. Por isso, a primeira parte das metas para as ações de zeladoria em Itaim Paulista será identificar os recursos que estão acessíveis. Em seguida, iniciar as ações de plantio, culturais e educacionais em prol da região.

Uma boa notícia são as possíveis construções de 3 novos Ecopontos, totalizando em sete com os quatro já em funcionamento. Neles, as pessoas podem descartar entulhos gerados por construções, demolições e pequenas reformas em prédios ou residências, que são jogados de maneira ilegal em avenidas, ruas e praças, gerando sérios problemas ambientais para a cidade de São Paulo e para a população, que está perdendo espaços de lazer e recreação.

Por fim, o chefe de gabinete e prefeito regional interino, Geraldo Malta, agradeceu e deverá intensificar nos próximos meses o cronograma em defesa das áreas verdes.

Veja abaixo os endereços dos Ecopontos em Itaim Paulista:

Ecoponto Moreira

Rua João Batista de Godoi, nº 1164 – Jardim das Oliveiras

Ecoponto Mãe Preta

Praça Mãe Preta, s/n – Vila Curuçá

Ecoponto Pesqueiro

Rua Caiuas, nº 18 x Avenida Itamerendiba – Jardim Camargo Novo

Ecoponto Flamingo 

Rua Alexandre Dias Nogueira, nº 353 – Vila Nova Curuçá

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here