Divulgada pela Rede Nossa São Paulo e Fundação Bernard van Leer, a proporção dos casos supera a de todas as regiões da cidade

Texto: Henrique Silva dos Santos | Um estudo realizado pela Rede Nossa Região e a Fundação Bernard van Leer, afirma que o distrito de São Miguel Paulista, localizado na Zona Leste, é a região de São Paulo com o maior número de acidentes de trânsito com crianças. Anunciada nessa terça-feira, 5, a pesquisa Desigualdade da Primeira Infância se baseia na proporção de casos registrados com crianças de até 5 anos. Bairros como Capão Redondo, na Zona Sul, totalizam uma taxa 34 vezes menor durante o mesmo período da avaliação.

Ainda em 2016, a média de eventos danosos com veículos em vias e envolvendo a população infantil era de 1,26 a cada mil crianças. Enquanto Capão Redondo teve 0,037 a cada mil crianças. De acordo com o Desigualtômetro, que mede a diferença entre o pior e o melhor índice, a diferença de acidentes é gritante. Sendo capaz de mostrar os diversos cenários existentes da sociedade paulistana.

Utilizando a mesma metodologia do Mapa da Desigualdade da Cidade de São Paulo, o estudo inédito revela o “desigualtômetro” em cada um dos 28 indicadores vinculados à primeira infância.

Além do mapa, a Rede Nossa São Paulo e a Fundação Bernard van Leer, lançaram o Observatório da Primeira Infância (OPI), que retratam a situação das crianças paulistanas de zero a seis anos. Permitindo uma análise sobre o planejamento de políticas públicas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here