N]ao há mais racionalidade no país, o debate e a qualidade das informações foram substituídos pela histeria coletiva. Vale tudo em nome do ódio ao Presidente Bolsonaro, inclusive culpá-lo por um fenômeno que ocorre todos os anos há décadas.

A NASA confirmou que os focos de fogo na bacia amazônica estão mais baixos que a média dos últimos 15 anos. Com um pequeno aumento no estado do Amazonas e parte de Rondônia e queda nos estados do Mato Grosso e Pará.

Ou seja, não há nada de anormal na época de seca deste ano, são as memsas queimadas que ocorriam nos governos anteriores. Por que então Bolsonaro está sendo trucidado pela mídia?

Simples, efeito manada. AS pessoas sentem a necessidade de que precisam se posicionar do lado correto da discussão, e sentem que precisam fazer isso o mais rápido possível. Logo tendem a adotar a opinião que elas percebem como a opinião da maioria. Esquecem de olhar para os dados. A mídia e a esquerda se aproveitam disso para mais uma vez atacar o presidente.

Óbvio que ninguém deseja ver a Amazônia queimando descontroladamente. Mas não podemos abandonar a razão e a análise dos fatos. Nossa indignação não diminui as queimadas. Para resolver um problema é necessário antes definir a sua causa. Culpar exclusivamente o governo atual por problemas que sempre aconteceram é procurar soluções erradas e garantir que o problema persista.

Com informações do Jornal da Cidade.