Escola de samba vai falar sobre a cultura, folclore, e as tradicionais plantações de flores e morangos. Tatuapé busca o tricampeonato em 2020.

A escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, cujo tema do carnaval 2020 será Atibaia, lançou o samba-enredo.

A festa de lançamento na canção foi no último fim de semana, na quadra da escola, em São Paulo (SP). A apresentação também está prevista para ocorrer neste sábado (10) em Atibaia.

O tema do carnaval da Tatuapé é “O ponteio da viola encanta… Sou fruto da terra, raiz desse chão… Canto Atibaia do meu coração”. Com ele, a escola vai tentar o tricampeonato.

A composição vai explorar os pontos turísticos da cidade, como no trecho “No alto da pedra, obra divina do meu criador”, que faz referência à Pedra Grande, principal atrativo turístico da cidade. Também vai levar para a avenida, nos carros alegóricos, a beleza das flores, as plantações de morangos, o folclore da cidade e a inspiração da cultura japonesa na região.

Segundo Higor Silva, mestre de bateria da escola e morador de Atibaia, a Tatuapé vai desfilar com cinco carros alegóricos, e a produção deles deve começar no fim deste mês. “Estamos no desenvolvimento do protótipo das fantasias e os desenhos dos carros estão prontos. No fim desse mês em diante começamos a produzir os carros”, disse Higor.

A Acadêmicos do Tatuapé vai desfilar na primeira noite do carnaval de São Paulo, no dia 21 de fevereiro, e será a quinta escola a passar pela avenida.

Veja a letra do samba-enredo:

Ê viola! Inspiração da minha alma sertaneja
Ê viola! O meu paraíso abriu a porteira
O galo canta, anuncia um novo dia
Relicário de beleza o sol brilha em poesia

É sagrado esse chão…
No suor da enxada eu cresci de grão em grão
Lá vem o trem… Lá vai fumaça
O meu folclore é herança popular

Senhora do rosário de alumia
Salve águas de oxalá
Lê lê lê lê lê á… Vem pro nosso arraiá
Tem fogueira, quentão viva meu São João

Puxe o fole sanfoneiro pra viola chorar
O balão vai subindo pro céu enfeitar
Sou eu… Filho da terra onde mora a poesia
Um violeiro que seguiu em romaria

Oh mãe querida peço tua proteção
Trago no peito essa linda tradição
E o orgulho de viver nesse lugar… (Meu lugar)
Num “templo” de paz e amor

Das mãos calejadas a arte brotou
No alto da pedra, obra divina do meu criador
É carnaval
Sinto o perfume das flores
Um doce sabor no meu paladar

É Atibaia… Nos braços do povo à cantar
Ponteia viola… Bate o meu coração
Sou fruto da terra, raiz desse chão
Tatuapé… Comunidade guerreira

Levanta sacode a poeira