Alesp tem atividades presenciais suspensas. Essa decisão foi determinada pela Justiça de São Paulo, atendendo ao pedido de uma deputada do PSOL.

A Justiça de São Paulo determina a suspensão das atividades presenciais na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.  

Bem como, a decisão é liminar a atende ao pedido da deputada Monica Seixas, do PSOL. 

No entanto, a parlamentar argumenta que a realização das sessões traz riscos à saúde em meio à pandemia. 

Sessões suspensas na ALESP

Contudo, as sessões que estavam agendadas para esta terça-feira (22) foram suspensas.  

O presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), lamentou a decisão judicial e disse que vai recorrer. 

*Com colaboração de conteúdo de Metro Jornal

Visite nossa página Acontece Agora no Facebook e faça parte da nossa comunidade.

Conheça a Página Inicial do Nosso Site para conhecer as notícias do dia!