O desembargador Luis Felipe Francisco, da 9ª Câmara Cível do Rio, condenou o deputado Alexandre Frota a pagar uma  indenização de R$ 50 mil para o cantor Gilberto Gil devido uma postagem feita nas redes sociais em 2017. As informações são do colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo.

Segundo o desembargador, o ator fez insinuações de racismo e comentários injuriosos contra o músico. Na ocasião, ele acusou o músico de “não poder mais roubar os cofres públicos”, fazendo referência aos recursos da Lei Rouanet.

Em 2018, Frota já havia sido condenado pela juíza Rafaella Ávila de Souza a pagar R$ 20 mil em indenizações a Gilberto Gil por danos morais pela mesma postagem.