Imagens mostram desrespeito as normas da prefeitura em bares das zonas Oeste e Sul neste fim de semana. RJ chegou a 14 mil mortes e 178 mil casos da doença.

A noite deste domingo (9) voltou a ter bastante aglomeração em festas e nos bares da cidade. No Itanhangá, na Zona Oeste da cidade, moradores flagraram uma grande festa.

Apesar do estado ter atingido o número de 14.080 mortes por coronavírus e mais de 178 mil casos confirmados da doença, o desrespeito às medidas de prevenção voltaram a acontecer neste fim de semana.

Bar lotado no Leblon, Zona Sul do Rio, na noite deste domingo (9) — Foto: Reprodução / TV Globo

Na Rua Dias Ferreira, uma das ruas mais famosas do Leblon, na Zona Sul, dezenas de pessoas ocupavam as calçadas em frente a um bar. Muitas, inclusive, sequer usavam máscaras.

A esquina estava lotada. A movimentação era tanta que os carros que circulavam pela região precisavam reduzir a velocidade. As imagens foram feitas por volta das 22h.

Durante a madrugada, a equipe do Bom Dia Rio voltou ao bairro e registrou mais aglomeração, desta vez na Rua Ataulfo de Paiva.

O flagrante contraria a norma para o funcionamento de bares e restaurantes. Nesta quinta fase do decreto da Prefeitura do Rio, os estabelecimentos podem abrir com metade da capacidade das mesas e até 1h da madrugada. O uso de máscaras continua obrigatório, mas muitos frequentadores também desobedeciam essa regra.

No Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, os bares estavam fechados durante a madrugada, mas muitos jovens ainda ocupavam, sem qualquer distanciamento, a calçada de uma rua do bairro.

Imagens feitas por um morador do Itanhangá no início da noite mostram um evento acontecendo em um bar e, mais uma vez, sem qualquer respeito às regras de distanciamento.