Estão abertas as inscrições para quem quiser participar do Festival Bike Arte Gira Oficinas – Edição de São Miguel Paulista. Este festival que vai acontecer no mês de novembro em São Miguel Pta. está recebendo propostas de OFICINAS. Mais é fundamental ler todo o edital e entender o processo de seleção popular.

Vagas para Oficineirxs
O Bike Arte Gira é um projeto que fomenta a cultura, através de oficinas de arte urbana, cultura da bicicleta e festivais itinerantes. Tem uma proposta de oficina de Grafite e Estêncil, Serigrafia e Lambe-lambe, Mecânica e Cicloturismo ou Produção cultural e Cicloativismo? Vem somar ao Bike Arte Gira!!!

Em 2019, o Bike Arte Gira acontece em dois locais distintos, o primeiro deles é Heliópolis (Zona Sul) e agora é a vez de São Miguel Paulista (Zona Leste).
QUALQUER PESSOA PODE SE INSCREVER! Daremos preferência para oficineirxs que sejam moradorxs ou que tenham histórico de atuação no território.
O valor pago para a/o oficineirxs será de 1.500,00 reais, por oficina. O pagamento será feito via MEI ou RPA (sujeito a descontos). Os materiais utilizados nas atividades serão por conta dos organizadores.

Inscrições até o dia 07/10/2019 às 17h.

O Bike Arte Gira é financiado pela UBER via Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais (Promac) – Incentiva SP da Cidade de São Paulo.
Sobre o Aromeiazero Organização sem fins lucrativos que promove a bicicleta como instrumento de transformação social, cultural e pessoal, estimulando a diversidade e a colaboração.

SAIBA MAIS e INSCREVA-SE em http://bit.ly/oficinasbikeartegirasaomiguel

Produção cultural e cicloativismo
Propostas que tragam possibilidades da área de produção de eventos culturais, discussão sobre o que é cicloativismo, como organizar um evento cultural, manifestações culturais do cicloativismo: filmes, obras gráficas e eventos; etapas da produção, diferentes formas de mobilização e organizações; ferramentas de organização (digitais e dinâmicas em grupo); valorização do trabalho colaborativo, da profissionalização na gestão, na ampliação da sensação de autonomia e melhor compreensão dos benefícios do planejamento financeiro, importância da comunicação nas redes sociais; melhor compreensão sobre responsabilidades quanto à equidade de gênero, pessoas com necessidades especiais, mobilidade e impacto social dos eventos produzidos.

Linhas gerais pedagógicas

Nosso interesse é que as oficinas sejam pensadas com conteúdos teóricos e muitas atividades práticas. São 20h de atividades divididas em 12h de oficina + 8h de atividades durante o Festival – intervenção artística ou cultura da bike junto aos alunos.).

Grafite e Estêncil:

Propostas que tragam conteúdo teórico: a história do grafite e estêncil, técnicas de desenho e pintura; referências nacionais e internacionais a fim de ampliar o repertório sobre arte urbana, pixação e grafite. E conteúdo prático: exercitar a criatividade e linguagens, técnicas de grafite e estêncil.
E tragam a discussão profissional: inserir o uso de ferramentas básicas de organização pessoal e para projetos construindo possibilidades de carreira profissional. A importância da comunicação nas redes sociais como ferramenta de divulgação e etc.

Serigrafia e Lambe lambe:

Propostas que trabalhem técnicas de serigrafia e seus diferentes usos, design gráfico e intervenção urbana; como adaptar uma bicicleta para serigrafia móvel; stencil e impressão digital. Ampliar o repertório sobre artes visuais, criatividade e expressão individual ou coletiva. Exercitar a criatividade e linguagens. Inserir o uso de ferramentas básicas de organização pessoal e para projetos, gestão da carreira, possíveis produtos para venda e expressão.

Mecânica e Cicloturismo;

Propostas que apresentem as ferramentas e peças da bicicleta, revisão básica de bicicletas para pedais exploratórios pelo bairro; levantamento com fotos de pontos históricos e culturais da região, desenho de rotas de bicicleta; pequenos consertos para pedais em grupo e experimentação dos roteiros. Ampliar o conhecimento sobre a história da região, aspectos culturais, como valorização do espaço público. Ampliação da sensação de autonomia e circulação pela cidade. Exercitar a criatividade e linguagens. Inserir o uso de ferramentas básicas de organização pessoal e para projetos.

Produção cultural e cicloativismo

Propostas que tragam possibilidades da área de produção de eventos culturais, discussão sobre o que é cicloativismo, como organizar um evento cultural, manifestações culturais do cicloativismo: filmes, obras gráficas e eventos; etapas da produção, diferentes formas de mobilização e organizações; ferramentas de organização (digitais e dinâmicas em grupo); valorização do trabalho colaborativo, da profissionalização na gestão, na ampliação da sensação de autonomia e melhor compreensão dos benefícios do planejamento financeiro, importância da comunicação nas redes sociais; melhor compreensão sobre responsabilidades quanto à equidade de gênero, pessoas com necessidades especiais, mobilidade e impacto social dos eventos produzidos.

Acesse: https://prosas.com.br/editais/6009-bike-arte-gira-oficinas-edicao-sao-miguel-pta