Beneficiários fizeram a pré-seleção on-line para uma rede atacadista na zona leste

O Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo da Prefeitura de São Paulo realizou processo seletivo nesta sexta-feira, 5 de junho, para 25 vagas voltadas para o primeiro emprego. A ação envolveu jovens que participam do Programa Juventude, Trabalho e Fabricação Digital, que ocorre em parceria entre as secretarias de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, de Direitos Humanos e Cidadania e de Inovação e Tecnologia.

“O Programa Bolsa Trabalho conta com cerca de 200 jovens em dois projetos da Prefeitura e visa principalmente a qualificação profissional e o encaminhamento para o mercado do trabalho. Essa turma, que está finalizando os seis meses de formação já está contando com essa possibilidade junto a empresas parcerias, que possuem oportunidades para o primeiro emprego”, salienta a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Foram disponibilizadas por uma rede atacadista, na zona leste, oportunidades para empacotador, sem experiência, com jornada de seis horas diárias. A remuneração é de R$ 750.  Cerca de 30 dos 84 participantes do projeto estavam dentro do perfil exigido pela empresa. A pré-seleção on-line contou com a equipe técnica do Cate para avaliação do currículo dos participantes.

Geovane Alves Rocha, 20 anos, integrante do Programa Juventude, Trabalho e Fabricação Digital, foi uns dos pré-selecionados para as próximas etapas do processo seletivo. “A minha maior expectativa é passar para as próximas fases e ser aprovado. Estou precisando muito de emprego, agora que vou terminar o curso e não poderei mais contar com a bolsa que recebo”, revela o jovem.

O Programa Juventude, Trabalho e Fabricação Digital

O Programa Juventude, Trabalho e Fabricação Digital visa formar jovens em vulnerabilidade social em temas sobre cidadania, empreendedorismo e inclusão e fabricação digital. Assim como o Programa Luz, Câmera e Ação Social, o Fab Lab integra o Programa Bolsa Trabalho da Prefeitura de São Paulo com cerca de 200 jovens.

Nesta ação, os jovens que atendem aos critérios recebem uma bolsa auxílio de R$ 540,79 durante os seis meses de duração do projeto. Para participar do Programa é necessário ter entre 16 e 20 anos de idade, pertencer a famílias de baixa renda, estar matriculado em cursos vinculados ao sistema nacional de ensino e ou ter concluído o ensino de nível médio, inclusive profissionalizante; ser residente e domiciliado no município de São Paulo; estar desempregado ou ter renda familiar mensal de até meio salário mínimo e não estar recebendo seguro-desemprego.