Com 28 tendas, 17 apenas da Secretaria de Saúde, Prefeitura leva ao bairro de Cidade Tiradentes, Zona Leste, serviços públicos, zeladoria e vagas de emprego no CATe

Neste sábado (13), o Programa Mutirão nos Bairros chegou à Cidade Tiradentes, na Zona Leste. Esta foi a 15ª edição da ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Relações Sociais, que leva aos distritos uma gama de serviços municipais de diversas secretarias e trabalhos de zeladoria, como uma maneira de personalizar o atendimento e de oferecer aos moradores das regiões os serviços de maneira integrada, para evitar deslocamentos para diferentes locais durante a semana.

Assim, a população de Cidade Tiradentes teve acesso às 28 tendas montadas na região da Avenida dos Metalúrgicos. Ao longo do dia foram realizados 9.838 atendimentos, lembrando que geralmente cada pessoa recebe ou utiliza mais de um serviço. A maior procura foi pelos serviços do CATe, que formou uma fila considerável  desde o início dos atendimentos. 

Enquanto equipes da Subprefeitura de Cidade Tiradentes faziam serviços de zeladoria, pintura de mobiliários e consertos do passeio na praça, as tendas  não paravam de receber pessoas. Funcionários de Defesa Civil, CATe, AdeSampa, Sabesp, Cohab-SP,  CRAS e Secretaria Municipal de Saúde trabalharam durante todo o dia para oferecer vagas de emprego, habilitação do seguro desemprego, entrega de termos de quitação, orientação e prevenção de acidentes, consultas de saúde da mulher, saúde do idoso, além de vacinas contra sarampo e febre amarela, entre outros serviços.

A ação ainda contou três trailers estacionados para: a Saúde Bucal, Instituto Laura Vermont, e CTA- DSTs/Aids; contou também com o apoio de 280 servidores da Coordenadoria Leste de Saúde e Supervisão Técnica de Saúde Cidade Tiradentes, e as presenças de João Jorge, secretário da Casa Civil, de Cid Torquato, secretário Municipal da Pessoa com Deficiência, e Aline Cardoso, secretária Municipal do Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

Zeladoria

Os trabalhos de zeladoria e manutenção começaram no dia 8 de julho, em grandes corredores do bairro, com o corte de mato, pintura de guias, reparos em calçadas, praças e mobiliário urbano, tapa buraco, microdrenagem mecanizada, poda e remoção de árvores, conservação de galerias e limpeza dos córregos na Rua Garça Morena e Rua Jacques Kurdjibachian.

Paulo Otaviano da Silva, de 61 anos, é de Caipina, em Pernambuco, mas mora na Cidade Tiradentes há sete anos. Ele é ajudante geral e disse que desceu a ladeira até a Avenida dos Metalúrgicos em busca de uma vaga de emprego, mas também aproveitou para trazer seu cachorrinho Bob, de 4 anos, para encaminhamento à castração e aplicação de vacina contra a raiva.

Outra moradora que aprovou o atendimento foi Rosa Aparecida, de 58 anos, que recebeu o procedimento de auriculoterapia na tenda da Casa Ser: “Foi ótimo e amenizou muito as dores que eu estava sentindo. E também fui orientada a procurar o Centro de Práticas Naturais para dar continuidade ao tratamento”, contou.

Atendimento Ao longo do dia foram realizados 9.838 atendimentos, lembrando que geralmente cada pessoa recebe ou utiliza mais de um serviço.

Secretaria da Pessoa com deficiência: 70 pessoas

CRAS: 70 atendimentos

CRAS: 70 encaminhamentos

Defesa civil: 30 orientações

yap.TV: 190 atendimentos

Saúde da mulher: 200 pessoas

Exposição e orientações contra sinantrópicos: 693

Vacinas: 150 aplicações

PAVS (Programa Ambientes Verdes e Saudáveis): 427 pessoas

Aferição pressão/glicemia capilar: 883

Práticas naturais e auriculoterapia: 201

CER II: 265

Artesanato CAPS: 204 atendimentos

Saúde bucal: 610 atendimentos e 119 encaminhamentos

Controle de tabagismo: 239 orientações

Descarte de medicamentos: 525 orientações

Avaliação antropométrica: 308 atendimentos

Saúde do idosos: 135 atendimentos

Registro geral animal: 350 orientações

Agenda fácil: 170 marcações

CTA: 81 atendimentos

Câncer bucal: 120 avaliações

Vacinação raiva: 930 animais

Corpus Saneamento e Obras: 40 atendimentos

Ecourbis: 40 atendimentos

Centro de orientações gerais com zeladoria: 960 orientações

Fonte: Secretaria Especial de Comunicação PMSP – imagens-SECOM/ Luiz Guadanoli