Uma confusão entre torcedores corintianos e agentes de segurança teve tiros e rojões na estação Corinthians-Itaquera da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na Zona Leste de São Paulo, na tarde deste domingo (18). A briga foi filmada por passageiros.

O confronto ocorreu antes do clássico entre Corinthians e São Paulo pelo Campeonato Paulista. A partida foi na Arena Corinthians, também em Itaquera, e terminou com vitória do Timão por 2 a 1.

De acordo com a CPTM, parte da torcida corintiana pulou as catracas numa estação em Guaianases e, depois, agrediu seguranças em outra estação, em Itaquera.

Vídeos

Imagens gravadas por passageiros mostram a tensão dentro da Estação Corinthians-Itaquera. É possível ouvir gritos e ver objetos sendo laçados. Um deles é um rojão, disparado por um torcedor na direção dos seguranças e passageiros.

Em outro vídeo, gravado na sequência, mais rojões são disparados por torcedores, dessa vez na passarela de saída da estação.

No tumulto, um segurança sacou a arma, atirou duas vezes contra o grupo e atingiu a perna de um rapaz, que foi socorrido.

Um torcedor que agrediu um agente também machucou a perna na hora da correria. O nome dele não foi divulgado.

O suspeito, de 28 anos, já tinha sido detido antes por participar de tumulto entre torcidas, mas desta vez prestou depoimento, admitiu que agrediu o agente, e foi liberado. A polícia apreendeu seu celular, uma bomba caseira e um rojão que estava com o grupo.

O revólver do agente da CPTM também foi recolhido. Ele prestou depoimento e também foi liberado.

O delegado que cuida do caso espera que as pessoas que estavam na estação no momento da confusão ajudem a polícia a resolver o caso. “Indiquem no Disque-Denúncia os participantes desse tumulto. Com certeza eles são conhecidos”, disse o delegado Marcelo Augusto Gondim Monteiro.

As informações são do Balanço Geral.