Se faltou futebol, sobraram polêmicas no clássico entre Corinthians e São Paulo, neste domingo à noite, em Itaquera, pelo Paulistão. Com um erro do árbitro Lucas Canetto Bellote para cada lado e outros lances duvidosos, quem decidiu mais uma vez foi Gustagol. Em grande fase, o centroavante fez o sétimo gol na temporada e garantiu a vitória do Timão por 2 a 1 sobre o Tricolor. O tabu na Arena continua!

Manoel comemora gol do Corinthians contra o São Paulo
Foto: Manoel comemorando o gol (Ricardo Moreira/BP Filmes)

Corinthians e São Paulo fizeram um jogo muito ruim tecnicamente. Os times erraram praticamente tudo o que tentaram e exageraram nos chutões. Esqueça as triangulações ou movimentações. O gol alvinegro saiu em um erro da arbitragem. Clayson cruzou com a bola já fora do campo. Pedrinho chutou, e Tiago Volpi espalmou. Na cobrança do escanteio, Manoel desviou de cabeça, o goleiro defendeu, mas a bola já havia entrado.

O São Paulo também empatou em um lance de origem irregular. Antony comenteu falta em Danilo Avelar, que mandou a bola para escanteio. Na batida, Pablo empatou. Mas o jogo continuou ruim, com poucas chances. O Corinthians fez o segundo em uma falha do goleiro Tiago Volpi. Ele disputou lance pelo alto com Vagner Love, não cortou, e a bola sobrou para Gustagol marcar. O Tricolor tentou empatar de forma desorganizada. Arboleda chegou a balançar a rede, mas o árbitro havia parado o lance anotando toque no braço direito de Carneiro.

As informações são da redação do Acontece e do site do GloboEsporte.