Recentemente o The Guardian  elogiou o fato de dois estádios “icônicos” de futebol – o Maracanã e o Pacaembu – estarem sendo convertidos em hospitais para auxiliar no tratamento de pessoas infectadas pela Covid-19.

“O icônico  Pacaembu – cujo território foi agraciado por gigantes do futebol brasileiro, incluindo Pelé, Sócrates e Ronaldo – deve ser inaugurado, na quarta-feira (01), como uma clínica de 200 leitos para pacientes com Covid-19 “, escreveu Tom Phillips, repórter do veículo sobre o assunto.

Além de São Paulo e Rio – que transformará o Maracanã em hospital no início de abril -, outras cidades como Boa Vista e Fortaleza também aderiram à medida.