CPTM assina contrato com empresa para reduzir intervalo de trens na linha 12-Safira. Processo licitatório havia sido interrompido por tempo indeterminado em setembro de 2019. Empresa vencedora deverá instalar em até 18 meses tecnologia capaz de reduzir tempo de espera para três minutos

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) retomou licitação e assinou contrato nesta quinta-feira (20) com uma empresa para execução de serviços com objetivo de reduzir o intervalo entre trens da linha 12-Safira para três minutos. Processo de pregão, que havia sido iniciado em julho de 2019, foi interrompido por tempo indeterminado em setembro do mesmo ano.

A empresa MPE Engenharia e Serviços foi a vencedora da licitação – orçada em R$ 14,5 milhões – e deverá executar o serviço de engenharia para a elaboração do projeto executivo, fornecimento e implantação de novos circuitos de detecção de trens com a tecnologia de áudio frequência (AF) e sinais automáticos.

A nova tecnologia deverá reduzir o intervalo entre as estações Tatuapé e Calmon Viana, passando também por Itaim Paulista. A meta é que os trens circulem com intervalos médios de três minutos neste trecho. O prazo estipulado em contrato para a conclusão da obra é de até 18 meses, contados a partir da assinatura da licitação