Após a polêmica decisão de lançar todos os seus filmes de 2021 simultaneamente nos cinemas e no streaming HBO Max, a Warner Bros. revelou que pretende estrear quatro filmes da DC por ano nas telonas, a partir de 2022.

A informação foi divulgada pelo presidente da DC Films, Walter Hamada, numa extensa entrevista ao New York Times.

Segundo Hamada, as quatro estreias anuais terão foco em personagens bastante conhecidos do público e contarão com grandes orçamentos. Para 2022, já sabemos que ocorrerá os lançamentos de The BatmanAquaman 2 e The Flash.

Simultaneamente, a Warner deseja lançar outros filmes de heróis, como por exemplo Batgirl e Super Choque, diretamente na plataforma de streaming HBO Max.

De acordo com a reportagem, a ideia inicial é estrear dois filmes por ano no streaming, focando em personagens menos conhecidos e filmes com custos menores.

Hamada também confirmou ao NYT que a especulada divisão de universos da DC nos cinemas irá ocorrer. Por exemplo, enquanto Mulher-Maravilha se passa na Terra 1, The Batman de Robert Pattinson irá se passar na Terra 2.

Walter Hamada, presidente da DC Films (Divulgação)

The Flash será o filme responsável por abrir portas do multiverso da DC, onde os dois mundos serão unidos, com os retornos de Ben Affleck e Michael Keaton no papel do Homem-Morcego.

Outros projetos da DC incluem Mulher-Maravilha 3, a última sequência da heroína, Adão Negro, que será estrelado por Dwayne Johnson, o The Rock e Shazam!2, com estreia confirmada para 2023.

Beco sem saída!

Sobre o lançamento da versão de Liga da Justiça de Zack Snyder, Walter revelou que o estúdio não planeja continuação e disse, inclusive, que o longe é descrito por executivos da DC como “um beco sem saída”, que impossibilita contar novas histórias.

A nova versão terá quatro horas, que serão divididas em quatro episódios de uma hora de duração.

Liga da Justiça de Zack Snyder estreia em março no HBO Max.