Nascido e criado no bairro de São Miguel, na Zona leste de São Paulo, Diogenes Paulino, pode ser em breve a grande revelação do MMA. Com apenas 22 anos, o atleta já tem cinco lutas na carreira: 4 vitórias por nocautes e apenas uma derrota. Filho do conhecido professor de educação física Irineu Augusto Candido e de María Cleide A. Candido, seus maiores incentivadores, a jovem promessa do MMA começou no karatê, passou pelo kickboxing, muay thay e capoeira até conhecer a MMA.

As artes marciais mistas (AMM), mais conhecidas pela sigla MMA (do inglês: mixed martial arts) são artes marciais e um esporte de combate que incluem tanto golpes de combate em pé quanto técnicas de luta no chão. Na linguagem popular, os termos MMA e Vale-Tudo têm o mesmo significado.

O seu treinamento é muito puxado como de qualquer outro atleta profissional, de segunda a sábado ele aperfeiçoa as suas técnicas treinando jiu jitsu, muay thai, sparring, além do treinamento físico para fortalecer a musculatura. No último dia 09 de novembro, Diógenes sagrou-se campeão no torneio STF vencendo dois lutadores por nocaute, um deles Erik Cristian nocauteado no segundo round. “Meu grande sonho é lutar nos maiores eventos do mundo” disse o jovem campeão, que teve as duas últimas lutas transmitidas ao vivo pela Rede de TV Bandeirantes. E como resultado as portas se abriram e no próximo dia 20 ele fará a sua 1a Luta de MMA como Profissional.

A vida do lutador não é fácil, fora dos ringues a batalha continua e pode ser ainda mais difícil, porque o atleta, atualmente sem patrocínio, tem que suar a camisa para se manter no esporte. A falta de patrocínio para custear os suprimentos alimentares, conduções e outros gastos já fizeram o lutador desanimar. Ele conta já que já foi atleta de MMA do Corinthians, passava o dia no clube treinando e ganhava uma bolsa auxílio de um salário mínimo, que não era suficiente para suprir todos os seus gastos.

Atualmente, Diogenes também faz trabalhos esporádicos como modelo para complementar a renda e custear o material para treino, alimentação e passagem para os treinos, que são realizados no bairro de Pinheiro, região central da cidade, na academia Capital da Luta. Lá tem incentivos de outros alunos e de seu treinador e ídolo Lucas Mineiro “Ele foi o primeiro atleta a ganhar em três categorias diferentes no UFC”, ressalta o jovem lutador, sobre o seu atual mestre. Diógenes sonha em lutar profissionalmente e se dizem confiante, e firme nos treinamentos para quando a oportunidade chegar ele esteja bem preparado. Ainda ouviremos falar muito sobre este jovem lutador, que tem nocauteado todas as dificuldades que aparece em seu caminho.

Por Josué Emidio