O alto comissariado da ONU para Direitos Humanos alerta que um total de cinco pessoas já foram mortas como resultado da crise na Venezuela em apenas dois dias.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira, em Genebra, e se refere aos resultados de eventos nos dias 30 de abril e 1 de maio.

Essa é a primeira vez que um levantamento independente é apresentado sobre os acontecimentos registrados no país sul-americanos.

Pelo menos dois dos assassinatos foram cometidos por indivíduos que fariam parte de milícias pró-governo.

Entre os mortos, três são menores. Um deles era um garoto de 15 anos, no estado de Mérida, além de outro de 16 anos em Aragua.

Com informações da UOL.