Em Dallas para receber o prêmio“Pessoa do Ano”, pela Câmara de Comércio Brasil-EUA, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre os protestos de estudantes pelo País. 

— É natural, só que a maioria ali é militante e não tem nada na cabeça. Se perguntar para ele 7 vezes 8, não sabe. Se perguntar a fórmula da água não sabe, não sabe nada. São uns idiotas úteis e uns imbecis que estão sendo usados como massa de manobra de uma minoria espertalhona que compõe o núcleo de muitas universidades do País.

O presidente também negou que esteja promovendo cortes da Educação. “São contingenciamentos”. 

— Não existem cortes, temos um problema porque peguei um Brasil destruído economicamente e as arrecadações não são as previstas. Então se não tem contingenciamento eu encontro a Lei de Responsabilidade Fiscal. Eu gostaria que nada fosse contingenciado, em especial na Educação. Mas a Educação está deixando muito a desejar, peguei agora as provas do Pisa, cada vez mais ladeira abaixo. A garotada com 15 anos de idade na nona série, 70% não sabe uma regra de três simples. Qual o futuro dessas pessoas? Estão desepregados 14 milhões e parte deles não tem qualquer qualificação porque esse cuidado não se teve nas administrações do PT por quase 13 anos.

Fonte: As informações são do portal de notícias ‘R7’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui