O Estadão demitiu o jornalista, ambientalista e cineasta Dener Giovanini após ele ofender o presidente Jair Bolsonaro no Twitter. O blog de Dener também foi apagado do site do jornal.

No último dia 07, Dener enviou a seguinte mensagem pública ao presidente: “Sua mãe jogou o bebê fora e criou a placenta! Você é um ser desprezível!”. A mensagem foi divulgada pela conta oficial de Jair Bolsonaro e respondida com um “kkkkk… mais amor, jornalista do Estadão!”.

Dener também apagou a sua conta no Twitter, mas sua conta no LinkedIn continua ativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui