De: Henrique Santos.

Universitários da Unicsul campus São Miguel foram surpreendidos na manhã desta quinta-feira, 21, com uma fileira de viaturas da polícia civil e militar na frente da unidade. Segundo relatos, o motivo da visita dos agentes se deu por conta de boatos – espalhados na internet – de um possível atentado no local.

Uma das mensagens recebidas pela redação do ‘Acontece Agora’ afirma que dois alunos teriam ameaçado seus colegas de classe e um docente com promessas de que realizariam algo parecido com o massacre de Suzano. Ainda segundo o pequeno texto via Whatsapp, os universitários deveriam evitar ir a aula, para não correrem risco.

Momentos depois, a diretoria se pronunciou sobre o ocorrido e, felizmente, deixou claro que tudo não passa de uma “brincadeira” de mal-gosto de algum aluno. Nos próximos dias, a universidade deve apurar o episódio, afim de aplicar as devidas punições aos responsáveis.

Nota da Universidade Cruzeiro do Sul

A Universidade Cruzeiro do Sul informa que está colaborando com todas as informações solicitadas pelo 63º Distrito Policial da Vila Jacuí para a investigação sobre a veracidade do conteúdo de mensagens que circularam por WhatsApp de alunos da Instituição.

A Instituição acompanha o caso de perto e tomou todas as medidas ao seu alcance, visando a segurança de seus alunos, professores e funcionários.

As atividades acadêmicas estão mantidas normalmente, visto que todas as providências já foram tomadas e o caso está em investigação pelas autoridades policiais.

Fonte: As informações são da redação do ‘Acontece Agora’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui