Primeira edição do festival será realizada na Praça Antônio Prado e terá show de Mariana Aydar, debates, gastronomia, literatura e tours. Toda a programação será gratuita

Ocupar o Centro Histórico de São Paulo com arte, cultura e experiências, estimulando assim uma nova relação das pessoas com a região onde a cidade nasceu. Esse é o propósito do 1º Festival A Vida no Centro, que será realizado nos dias 9 e 10 de novembro na Praça Antônio Prado (onde fica o coreto da Bolsa), um dos lugares mais charmosos e que melhor simbolizam o novo momento do Centro, que vem se transformando positivamente por meio da gastronomia e da cultura.

O festival é uma iniciativa dos empreendedores Denize Bacoccina e Clayton Melo, criadores da A Vida no Centro, plataforma de informação e inteligência especializada no Centro de São Paulo, e da consultora de comunicação Gê Rocha.
Com todas as atrações gratuitas – e a maior parte ao ar livre –, o evento conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Turismo de São Paulo, e do vereador José Police Neto, e quer oferecer experiências para moradores e turistas da cidade. O festival já conta com o Grupo Bio Ritmo como patrocinador e está em negociação avançada com outras marcas que também querem se associar a este novo momento do Centro, estimulando a realização de eventos que promovam a convivência e levem cultura e artes à população.

O projeto tem a TV Globo como media partner e parceira na programação com o Arte na Rua, iniciativa da emissora que valoriza os artistas de rua e leva arte para a população de forma gratuita e democrática. Preshow (mídia em cinema) e JCDecaux Brasil também são media partners do evento, que tem parceria estratégica com o CIVI-CO, polo de impacto social, e Sebrae. A direção técnica e de produção está a cargo do Bourbon Street, que tem vasta experiência em projetos como esse e reforça o compromisso do festival com a excelência técnica.


Serão dois dias com diversas atrações, entre as quais:


• Diálogos A Vida no Centro – arena de debates e networking para discutir o presente e o futuro do Centro de São Paulo.
• Shows: entre as atrações programadas estão Mariana Aydar e o Arte na Rua, da TV Globo.
• Roteiro de Exposições em museus e outros equipamentos culturais do Centro Histórico.
• Arena kids: contação de histórias, passeio e atividades lúdicas para crianças.
• Circuito gastronômico – funcionamento especial de restaurantes da região e comida de rua.
• Walking tours e visitas guiadas a prédios históricos do Centro.
• Festa (DJ e projeções de arte visual).


O público-alvo do festival A Vida no Centro tem o perfil conectado e contemporâneo. São pessoas de toda a cidade – e também turistas – que desejam conhecer e aproveitar o que o Centro de São Paulo tem de melhor, como a cena gastronômica, passeios ao ar livre, festas e cultura. São pessoas que valorizam a história e o patrimônio cultural e arquitetônico da cidade.


A edição 2019 do Festival A Vida no Centro será o ponto de partida para um evento que já está no calendário oficial da cidade e terá outras edições.

Imagem em destaque: Praça Antônio Prado. © CARVALHO, J.L.K.I; FERREIRA, J.C.A.T