A associação Nikkey de São Miguel realizou nesse domingo (10/03), a primeira Festa do Yakisoba na entidade que representa a cultura japonesa no bairro de São Miguel, sendo uma das entidades de Cultura Japonesa mais conceituadas de toda cidade. “A iniciativa desta festa tem o objetivo de manter a unidade dos associados, boa parte formado por pessoas com mais idade que vêem nesses encontros a possibilidade de interagir com os outros amigos e também é uma forma da Associação arrecadar recursos com a venda do Yakisoba para pagar as despesas da entidade”, disse o Sr. Mikan que é diretor e um dos fundadores da entidade.

O yakisoba é um prato comum tanto na China quanto no Japão e foi muito bem aceito pelo paladar do brasileiro por apresentar elementos já conhecidos (macarrão, legumes, carne de frango, boi e porco). O prato, conhecido internacionalmente, é composto por legumes e verduras que podem ou não ser fritos juntamente com o macarrão e aos quais se agrega algum tipo de carne.
Hoje em dia é um prato bem conhecido e difundido em todo o país. Regado com molho shoyu, geralmente é servido em porções individuais ideais para uma refeição satisfatória. É prato indispensável nas festas tradicionais japonesas. O macarrão do yakisoba tem que ser do tipo sobá de Okinawa, sendo comum o uso de macarrão do tipo talharim e o do tipo lámen (conhecido popularmente como “miojo”), podendo ainda ser frito ou não.

O yakisoba tradicional é, geralmente, preparado grelhando numa chapa com repolho, cenoura, cebola e outras verduras. Depois de acrescentar o macarrão, tudo é bem misturado até que o macarrão frite um pouco. Finalmente, o yakisoba é posto em pratos individuais, numa porção que costuma ser suficiente para uma refeição completa. Existe a alternativa vegetariana que é o yakisoba de legumes, que é preparado sem adição de carnes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here