- Propaganda -spot_img
InícioAtualidadesFilhos de Flordelis são condenados pela morte do pastor Anderson do Carmo

Filhos de Flordelis são condenados pela morte do pastor Anderson do Carmo

- Propaganda -spot_img

Sentença saiu depois de 15 horas julgamento; Ex-deputada segue presa acusada de ser a mandante

Os filhos da ex-deputada federal Flordelis foram condenados pela morte do pastor Anderson do Carmo no Tribunal de Júri de Niterói. O julgamento começou no início da tarde de terça-feira (23) e só foi encerrado no fim da madrugada desta quarta-feira (24).

Flávio dos Santos Rodrigues foi condenado a 33 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão em regime fechado, pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, porte ilegal de arma, uso de documento ilegal e associação criminosa armada.

Lucas Cézar dos Santos de Souza foi condenado a pena de 7 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado pelo crime de homicídio triplamente qualificado.

Flávio, filho biológico de Flordelis, é acusado de ser o autor dos disparos de arma de fogo. Lucas, filho adotivo da ex-deputada, é acusado de ter ajudado o irmão na compra da arma utilizada no crime.

Flordelis é acusada de ser a mandante do crime e está presa desde agosto no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio. A ex-parlamentar está presa desde agosto, assim que perdeu o mandato parlamentar na Câmara dos Deputados. Flordelis recorre na Justiça e tenta evitar a ida a júri popular.

O pastor Anderson do Carmo, de 42 anos, foi morto a tiros na madrugada de 16 de junho de 2019, na garagem da casa onde morava com a família em Pendotiba, na cidade de Niterói, região metropolitana do Rio.

Na época do crime a ex-deputada Flordelis chegou a dizer que Anderson havia morrido tentando defender a família de criminosos. Segundo o Ministério Público, dos 55 filhos biológicos e adotivos da pastora, 7 estão envolvidos no crime, além de uma neta e outras 2 pessoas.

Fonte: CNN

- Propaganda -spot_img
Deve ler!
- Propaganda -spot_img
Notícias relacionadas
- Propaganda -spot_img

Deixe uma resposta.

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui