Vazou um vídeo em que Gabriel Medina aparece deitado na cama ouvindo rap e filmando a mulher de pé ao seu lado, que está só de lingerie. Ela pede para o surfista parar de filmar, mas ele pede que ela vire para a câmera.

O material teria sido postado em uma conta fechada de Medina, que ele usa para interagir apenas com os amigos mais chegados.

Mas foi parar em perfis de celebridades. Medina ainda teria mudado o nome do tal perfil privado duas vezes. O estrago já tinha sido feito.

Ficou público que o atleta é esse tipinho de homem que manda vídeo íntimo para os parças, o que é não só condenável, como crime. Registrar e divulgar imagens de cunho sexual são condutas passíveis de punição, de acordo com a Lei nº. 13.772,  em vigor desde dia 19 de dezembro de 2018. 

Nas redes sociais, a reação não foi nada boa. Muita gente aproveitou para alertar Anitta, com quem o surfista supostamente estaria tendo um lance.

Outros tantos criticaram duramente a postura do atleta, por ter um instagram fake só para postar fotos com mulheres semi nuas rebolando para ele. “Gabriel Medina é a definição de macho escroto”, “Gabriel Medina é um babacão”, “Eu odeio homem hétero” foram algumas das reações ao episódio.

Sem dúvida, é muita imaturidade Medina agir assim, para falar o mínimo. Ter um instagram fake só para compartilhar vídeos de mulheres com os amigos pode até ser comum entre os machos héteros, mas é lamentável.

É de uma falta de respeito absoluta com as mulheres envolvidas, sejam elas pagas para isso ou não. Não faz diferença.

É exposição indevida sim. No vídeo, Gabriel insiste para que a moça mostre o rosto. Ele é jovem, famoso, rico, e esse ‘poder’ intimida muita gente.

As máscaras de moleque gente boa vão caindo e Medina se revela só mais um jovem hétero bobão. Uma pena. Abaixo, você pode assistir ao vídeo compartilhado por Medina, mas com imagens destorcidas para preservar a imagem da mulher:

https://www.instagram.com/p/Bv0XxOpgiXt/?utm_source=ig_web_button_share_sheet
Vídeo reprodução.

Fonte: As informações são do portal de notícias ‘R7’.