No início deste semestre, os moradores da região ganharam um aliado com vontade de fazer acontecer: o subprefeito, Gilmar Souza Santos.

Para entender um pouco mais o perfil, Gilmar é o 13º a assumir o posto máximo do distrito do Itaim Paulista. Graduado em Publicidade e Propaganda e Direito, possui MBA em Marketing, além de três pós-graduações: Gestão Pública, Direito Constitucional e Marketing Político e Eleitoral. Assumindo cargos de liderança em diversos órgãos de esfera municipal, estadual e federal, inclusive secretário adjunto na Secretaria Municipal de Habitação de São Paulo (SEHAB) e secretário nacional de Desenvolvimento Urbano no Ministério das Cidades (MCidades), a vasta experiência possibilitou um ganho enorme aos munícipes nos últimos seis meses à frente da gestão pública do Itaim.

O subprefeito faz um balanço à frente da gestão. “Desde que assumi o honrado convite do prefeito Bruno Covas para a Subprefeitura do Itaim Paulista, o entusiasmo só aumenta no trabalho para atender os anseios dos mais de 400 mil habitantes, gente do bem, gente da gente”.
Destacando-se por “gostar de pessoas”, ele fala que sua chegada foi muito bem aceita pelos habitantes. “Nunca vi um povo tão acolhedor como o da região do Itaim Paulista e Vila Curuçá. São moradores, em sua maioria, que contribuem com sugestões de melhorias, mas sem ideologias de cunho partidário. Inclusive, fui acolhido pelos que compreendem e respeitam o meu trabalho, em prol de avanços, porque vejo que acima de qualquer viés pessoal, existe interesse coletivo”, ressalta.
Com espírito de liderança, no dia 25 de abril, Gilmar resolveu encorajar os principais agentes do bairro para um encontro de prestação de contas chamado ‘Papo Reto com o Sub’. O evento lotou o auditório da subprefeitura. “Tenho buscado uma gestão participativa procurando entender os problemas da cidade pelo olhar daqueles que nela vivem. A partir do momento que esses problemas são diagnosticados vou buscar a solução e qual órgão responsável para isso. Portanto estamos estreitando o relacionamento com todos com as áreas do poder municipal estaduais, federais e da sociedade civil. Os resultados neste curto espaço de atuação são diversos, tanto na área de zeladoria, como na cultura, esporte, meio ambiente, transporte e segurança pública”, explicou.

Ele salientou que assumiu a subprefeitura num momento de muitas demandas. Em menos de um mês à frente da gestão, uma das urgências foi atender um pedido antigo da população para intensificar as obras emergenciais de contenção no Córrego Itaim, após fortes chuvas que ocasionaram movimentação e queda de parte do talude no trecho do pontilhão que liga a Avenida Marechal Tito. “A obra foi concluída e hoje o local está de cara nova”, comentou.
Na noite do último dia 16 de julho, mesmo com temperatura muito baixa (10°C), centenas de moradores estiveram no auditório do CEU Vila Curuçá para a Audiência Pública e contribuíram com sugestões prioritárias, diante das demandas a serem investidas no orçamento para 2020. De modo a facilitar a transparência, os participantes conferiram o relatório com os resultados positivos de sua gestão e anunciou o programa “Sub na Sua Rua”, com a finalidade de prestar atendimento direto aos munícipes de um determinado local previamente escolhido. No campo de zeladoria, o subprefeito apresentou alguns destaques realizados no território, como a revitalização de 20 pontos viciados de lixo, onde foram coletados 35.200 toneladas de detritos, e mais de 1400 buracos tapados. No campo da tecnologia, destacou o Itaim Paulista como escolhido para ser o primeiro distrito a receber a Ampliação do Programa de Expansão do WiFi Livre SP.
Sensível às questões que vão além de administrativas, Gilmar lembra que enxergou a importância de inovar e buscar grandes parcerias em diferentes áreas temáticas. Uma delas é o LAB Itaim Paulista, que atua no campo da sustentabilidade, desenvolvimento urbano e econômico, projeto formado entre a Subprefeitura Itaim Paulista com a Universidade São Paulo (USP), Universidade São Judas Tadeu (USJT) e Universidade de Hamburgo (Alemanha).
Com todo esse ritmo acelerado de trabalho, o subprefeito do Itaim Paulista, Gilmar Souza Santos, compartilha que não deixa de priorizar o resgate do orgulho e o sentimento de pertencimento dos milhares de itainheses, sem preconceito pelo local onde vivem. “As gestões passam, mas as pessoas ficam”, conclui.