Gleisi Hoffmann é deletada por Antonio Palocci, ex-ministro do Governo Lula

  Antonio Palocci, ex-ministro do Governo Lula, citou a petista Gleisi Hoffmann em delação premiada fechada com a Polícia Federal (PF). A informação é da revista Crusoé

  Segundo a revista, Palocci admitiu ter sido responsável pela distribuição de valores ilícitos da Construtora Camargo Corrêa ao PT. 

  O ex-ministro petista afirmou que Gleisi teria sido uma das beneficiadas dos 50 milhões “doados” pela construtora ao Partido dos Trabalhadores em 2010. Esse dinheiro seria uma contrapartida pela atuação da sigla para acabar com as investigações da Operação Castelo de Areia. 

  A atual governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, também foi citada por Antonio Palocci como uma das pessoas beneficiadas com os valores ilícitos pagos pela construtora ao PT.