Homicídios aumentam 33% em janeiro no Alto Tietê em comparação com o mesmo mês de 2019

0
181

Itaquaquecetuba e Suzano tiveram o maior número, registrando três homicídios cada uma. Outros indicadores, como roubos e furtos em geral e roubos de carro e de carga tiveram queda.

Os homicídios tiveram aumento de 33,3% nas cidades do Alto Tietê em janeiro de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) nesta segunda-feira (24). O número subiu de 9 para 11.

Itaquaquecetuba e Suzano tiveram mais casos, registrando três homicídios cada uma. Já o número de vítimas de homicídios na região é maior e passou de 11 para 13 em janeiro deste ano, porque, em alguns casos, mais de uma pessoa é assassinada no mesmo crime.

O ano começa em situação oposta ao consolidado de 2019, quando os homicídios na região caíram 22% em relação a 2018.

Já a maioria dos outros indicadores teve queda, como latrocínio, estupro, roubos em geral, roubos de veículos, roubos de carga e furtos. Houve aumento porém no número de furtos de veículos.

Os latrocínios caíram de dois em janeiro de 2019 para um neste ano, que foi registrado em Poá. Vinícius Cieri Lima foi assassinado na Vila Áurea, no dia 19 de janeiro, apesar de não ter reagido a um assalto.

Três homens foram identificados como autores do crime. Destes, dois foram presos.

Os estupros tiveram queda de 32,55%: de 43 em janeiro de 2019 para 32 em janeiro neste ano. De acordo com as estatísticas, 78,18% dos casos envolvem vítimas vulneráveis, como crianças, idosos ou pessoas com algum tipo de deficiência.

A cidade com maior número foi Suzano com 11, sendo que 10 eram vulneráveis. A única cidade entre as dez da região que não registrou estupro em janeiro de 2020 foi Biritiba Mirim.Homicídios por município do Alto Tietê em janeiro de 2019 e de 2020

Os roubos tiveram queda na região: – 2,85% roubos em geral, -11,39% de veículos, -31,81% de carga. Os furtos em geral também tiveram queda, mas os furtos de veículo aumentaram 19,04%.

O município com maior número de roubos em geral e de veículos em janeiro foi Itaquaquecetuba, com 246 em geral e 69 de veículos. A cidade com maior número de roubos de carga foi Ferraz de Vasconcelos, com 6 dos 15 registrados. Mogi lidera nos furtos em geral com 328 do total de 1056 registrados e também nos furtos de veículos, com 71 dos 275 registrados na região.