Honda paralisa produção de motos por conta do coronavírus.

0
145
Foto<: Honda

Fábrica de motos da Honda suspenderá a produção para frear impactos do COVID-19.

 A Moto Honda da Amazônia comunicou hoje que as atividades da fábrica serão paralisadas no próximo dia 27 como medida do Ministério da Saúde (MS) para frear os impactos do coronavírus (COVID-19). Segundo o comunicado da Honda “o retorno é previsto para 13 de abril, podendo ser postergado para 20 de abril. A decisão prioriza a segurança e saúde das pessoas.”

A maior fábrica de motos da Honda no mundo fica localizada no Distrito Industrial de Manaus e foi inaugurada em 1971. Até hoje 25 milhões de unidades foram produzidas na fábrica que é uma das maiores da região. No local também são produzidas rodas de alumínio e aço, carcaças e componentes de motor, chassi e estruturas de aço além de peças plásticas.

Segundo o comunicado da Honda os colaboradores envolvidos no processo fabril entrarão em férias coletivas a partir de 30 de março. Entre os dias 27 e 30, as jornadas serão compensadas com a utilização do banco de horas.