“Queremos alcançar um resultado mais agradável fazendo uma parceria da Secretaria da Saúde e criando uma clínica onde vai ajudar centena de pacientes diagnosticados dependência química.” Prª Lilian Alves

A reclusão hospitalar é recomendada quando o dependente químico não consegue manter a abstinência através do tratamento ambulatorial ou até mesmo residencial.

O hospital será voltado ao atendimento e monitoramento do dependente químico e apoio às suas famílias. É um projeto popular, onde o objetivo é o acesso totalmente gratuito pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para que seja viável, e com isso ajudar aqueles que se encontram na dependência química.

A internação é realizada quando as alternativas são ineficazes, nesse caso conselho é a internação é o último recurso, desde que seja a vontade do paciente.
O projeto precisa de um milhão de assinaturas para que ele seja votado como popular, assim, facilitando a sua realização.

Iniciativa:

Pastora Lilian Alves, no dia 23 (segunda), às 19 horas na Rua Lourenço Veiga, 160 no Itaim Paulista, esteve em uma reunião presidida por Neli Ferreira juntamente com Raimundo Rezende, Empresário José Luiz, Pedagoga Marleide, Ângela Melo, psicóloga Cintia Santana, assistente social Neice Maragone outros, para discussão e formatação da ATA e diretoria do Projeto Hospital MH (Mais Humano).

Interessados em assinar:
Precisamos da ajuda da população e pedimos que nos ajudem na assinatura de um abaixo assinado para que o projeto seja efetivado.

Precisamos alcançar um milhão de assinaturas, e se você desejar assinar o abaixo assinado Click aqui nesse parágrafo e assine:

HOSPITAL +MAIS HUMANO
Assembleia Cristã Missionária – Pr Liliam Alves
Rua Manoel do Prado Leão, 49
Jd Nelia – Itaim Paulista
WhatsApp: 94574-6596 e 94833-5753