O Brasil sofre com mais uma grande perda. Após algumas tragédias acontecerem e grandes famosos falecerem neste ano, agora foi a vez de um jornalista renomado e com uma carreira longa na televisão deixar o mundo de uma forma que pegou todos de surpresa.

Radialista, ator, produtor musical, cantor, apresentador de TV durante 24 anos no TV Coroados, atualmente RPC, de Londrina. Com dificuldades na fala nos últimos anos de vida, o jornalista José Makiolke, conhecido como Zezão, partiu, aos 71 anos, por uma falência múltipla de órgãos.

O jornalista era extremamente conhecido e tratado como uma entidade em Londrina, por conta disso, o prefeito da cidade decretou luto oficial de três dias e a sessão que aconteceria nesta terça-feira (14), na Câmara dos Vereadores, foi cancelada por conta da realização do velório.

O velório estava previsto para acontecer hoje, às 17h, no Cemitério São Pedro. O corpo do comunicador foi velado na Câmara dos Vereadores de Londrina, pois com sua grande popularidade, Zezão chegou a exercer um mandato como vereador na cidade.

O jornalista era conhecido pelo bordão ‘Alegria, Alegria’. Em 11 anos, dos 24 de TV Coroados, Zezão apresentou o Jornal das Sete, que era transmitido pouco antes do Jornal Nacional.

Como era de uma filial da Rede Globo, o Grupo Globo fez uma homenagem ao jornalista e o colocou em uma reportagem do G1, com alcance nacional, contando toda a trajetória de um grande comunicador que a Televisão perdeu.

O luto oficial decretado pelo prefeito de Londrina não afeta no funcionamento dos serviços públicos.