De: Mário Cortes

A rua Miguel Garcia em Cangaíba possui uma das feiras livres mais concorridas do bairro e que persiste por mais de 50 anos todas as terças-feiras. Num plebiscito informal ocorrido em 2004 que visava a transferência da feira para outra rua; o “não” obteve mais de 90% dos votos comprovando sua importância.

Nos últimos anos a feira vem enfrentando problemas que estão muito mais ligados à administração pública municipal do que a qualquer outro fato.

Moradores e comerciantes reclamam da desorganização da feira por vários motivos; dentre eles o horário de término que às vezes ultrapassa às 15h. A demora para a execução da lavagem da rua também é motivo de controvérsia. Mas, nada se compara ao lixo produzido pela feira que pela segunda vez no ano é removido mais de 24 horas após o término da mesma. Antes do carnaval o bairro já registrara este acontecimento.

Hoje, a reportagem do Acontece Agora flagrou a sujeira esquecida na rua desde ontem quando foi realizada a feira.

Há uma insatisfação generalizada pelo fato de que com o acúmulo da sujeira, aumentou o numero de insetos e ratos na região provocando uma desordem total na comunidade uma vez que a via é secundária e existe também tráfego de uma linha de ônibus no local.

Foto: Lixos espalhados – (Imagem de Reprodução)

Fonte: As informações são da redação do ‘Acontece Agora’.