O BNDES registrou lucro líquido de R$ 11,1 bilhões no 1º trimestre, um crescimento de 436,7% na comparação com o mesmo período de 2018 (R$ 2,063 bilhões), segundo balanço divulgado nesta terça-feira (14).

Segundo o banco estatal, o desempenho positivo foi impulsionado pelo crescimento de 725,5% do resultado com participações societárias em relação ao mesmo período de 2018, que totalizou R$ 12,474 bilhões.

O lucro do banco foi impulsionado pela venda de ações da Petrobras e Vale, além da alienação de 50% da participação do BNDESpar na Fibria. O BNDES encerrou o mês de março com participação societária em 107 empresas.

O patrimônio líquido do BNDES totalizou R$ 95,09 bilhões em março, alta de 19,35% na comparação com dezembro.

Fonte: As informações iniciais são do portal de notícias ‘G1’.