A quarta edição do Vai Tec irá beneficiar 24 empreendimentos com mentorias, aceleração e aporte financeiro

A Ade Sampa – Agência São Paulo de Desenvolvimento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo, recebeu entre os meses de março e abril 225 inscrições de empreendedores interessados em participar do Vai Tec – Programa de Valorização de Iniciativas Tecnológicas.

Desse total, serão selecionados 48 empreendedores, que terão quatro minutos para convencer uma banca formada por especialistas em empreendedorismo, a ser escolhidos como um dos 24 negócios para participar do Vai Tec e receber durante seis meses R$ 33.100,00, além de capacitações, mentorias e acesso a rede de contatos.

“A periferia está cheia de ideias e de bons negócios que só precisam de um apoio para se destacar. O prefeito Bruno Covas quer ter cada vez mais empreendimentos inovadores que contribuam com o desenvolvimento econômico e social da cidade, por isso estamos realizando a quarta edição do Vai Tec”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

A comissão de avaliação é composta por representantes da Secretaria de Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Instituto Butantã, USP – Universidade de São Paulo, Ade Sampa, São Paulo Negócios, Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia, FGV – Fundação Getúlio Vargas e Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

Dos 225 interessados, 51% são mulheres, 35% têm entre 20 e 29 anos, 48% têm ensino superior completo e 33% médio. Do total, 58% possui fonte de renda própria e 34% dos candidatos possuem renda de R$ 998 a R$ 1.996.

O maior número de candidatos estão na região de M’Boi Mirim, região sul da capital. 12% dos candidatos residem no distrito, seguido por 11% no Campo Limpo, e 7% em Capela do Socorro, Guaianases e Itaquera, respectivamente.

A etapa de aceleração tem duração de seis meses e os responsáveis pelos projetos escolhidos serão capacitados em gestão, incluindo aspectos técnicos, jurídicos, mercadológicos e habilidades como testes de solução, pesquisas de mercado, gerenciamento de equipes, de canais de clientes, marketing e tecnologias. Os jovens contarão com assessorias personalizadas de acordo com a necessidade do empreendimento, além de rede de contatos e acesso a eventos, conteúdos e recursos de parceiros do programa.

A prioridade da seleção será para projetos de regiões localizadas nos extremos da cidade, principalmente nas zonas Leste (São Miguel Paulista, Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista, São Mateus, Guaianases, Cidade Tiradentes, Itaquera, Vila Prudente, Penha e Sapopemba), Sul (Parelheiros, Capela do Socorro, M´Boi Mirim, Campo Limpo e Cidade Ademar) e Norte (Casa Verde, Cachoeirinha, Freguesia do Ó, Brasilândia, Perus, Pirituba, Jaçanã e Tremembé).

Sobre o Vai Tec

O Vai Tec tem como objetivo fortalecer o ecossistema do empreendedorismo nas periferias de São Paulo auxiliando jovens a criar, desenvolver, validar e impulsionar empreendimentos inovadores e que utilizem tecnologia como parte essencial do modelo de negócio, promovendo o desenvolvimento local e a geração de emprego e renda.