Integrantes do projeto Linha da Cultura, as ações são gratuitas e abordam temáticas diversas

Quem nunca marcou um encontro nas linhas de bloqueio – as famosas “catracas” – de uma estação? Fundado em 1968, o Metrô de São Paulo faz parte da vida dos paulistanos desde 1974, ano em que se iniciou a operação comercial da Linha 1-Azul. Não à toa, foi eleito o meio de transporte preferido do paulistano na pesquisa O Melhor de São Paulo, realizada pelo Datafolha. Em homenagem aos 466 anos da cidade, o Metrô promove uma programação especial em diversas estações a partir do dia 25 de janeiro (sábado).

Duas das seis ações oferecidas foram organizadas a partir do acervo do Metrô. A exposição Cidade em Transformação exibe as mutações da paisagem da capital ao longo dos anos. Um exemplo dessas adaptações é a implosão do Edifício Mendes Caldeira – considerado um arranha-céu na década de 1960 – para a construção da Estação Sé, em 1975. As imagens da primeira implosão da América Latina e de outros eventos marcantes podem ser vistas de 25 de janeiro a 29 de fevereiro na Vitrine Cultural da Estação São Bento, da Linha 1-Azul.

Já na Estação Paraíso, das Linhas 1-Azul e 2-Verde, a mostra História em Trânsito expõe uma série de fotografias que ajudam a resgatar a memória de São Paulo, do Metrô e de seus inúmeros passageiros. As imagens que compõem esta linha do tempo fazem parte do conjunto que reúne mais de 220 mil itens entre fotografias, livros, objetos e coleções de arte contemporânea. Os passageiros podem conferí-las entre os dias 25 de janeiro e 29 de fevereiro.

Outro ponto marcante da cidade é a Avenida Paulista, cuja identidade foi o alvo das lentes de um coletivo de fotógrafos. O resultado do olhar mais aprofundado desse símbolo de São Paulo pode visto na exposição Multiplicidade, instalada na Estação Trianon-Masp, da Linha 2-Verde, até o dia 31 de janeiro. O intuito da mostra é transmitir os aspectos que podem variar de acordo com o observador, como os significados de um mesmo local, as formas e as histórias escondidas na paisagem.

Para quem deseja apreciar as obras de arte e a arquitetura das estações, o Metrô propõe uma Caminhada Fotográficanas Estações Palmeiras-Barra Funda, Marechal Deodoro e Sé, da Linha 3-Vermelha. O objetivo deste roteiro é exercitar o olhar e provocar reflexão sobre estes cenários. O trajeto será realizado no dia 25 de janeiro (sábado), das 10h às 12h, e o ponto de encontro será próximo à escultura A Roda, na Estação Palmeiras-Barra Funda.

É impossível falar de São Paulo sem lembrar as canções de Adoniran Barbosa, considerado o maior sambista paulista de todos os tempos. Os passageiros podem conhecer o autor de clássicos como Trem das Onze e Saudosa Maloca na Estação Luz, da Linha 1-Azul, onde será exibido o documentário Adoniran, meu nome é João Rubinato. A sessão acontece no dia 25 de janeiro (sábado), às 15h e às 18h.

A mostra ToTa Machina – ou “Mulher Máquina” – convida o público a olhar para si mesmo enquanto interage com as obras de arte apresentadas. Criadas pela artista plástica Katia Wille, as obras captam a emoção das pessoas diante da escultura e, a partir disso, se movimentam de acordo com o sentimento identificado. A exposição ficará na Sala MAS – uma extensão do Museu de Arte Sacra de São Paulo localizada dentro da Estação Tiradentes, da Linha 1-Azul. A visitação pode ser feita de 25 de janeiro a 23 de março, sempre de terça a domingo, das 9h às 17h, e é gratuita aos passageiros do Metrô.

SERVIÇO

Exibição do documentário Adoniran, meu nome é João Rubinato

Data: 25 de janeiro (sábado)

Horário: às 15h e às 18h

Local: Estação Luz, da Linha 1-Azul

Caminhada Fotográfica

Data: 25 de janeiro (sábado)

Horário: das 10h às 12h

Local: Estação Palmeiras-Barra Funda, Linha 3-Vermelha

Ponto de encontro: Próximo à escultura “A Roda”

Exposição Cidade em Transformação

Data: de 25 de janeiro a 29 de fevereiro

Local: Estação São Bento, Linha 1-Azul

Exposição História em Trânsito

Data: de 25 de janeiro a 29 de fevereiro

Local: Estação Paraíso, Linhas 1-Azul e 2-Verde

Exposição Multiplicidade

Data: de 15 a 31 de janeiro

Local: Estação Trianon-Masp, Linha 2-Verde

Mostra ToTa Machina

Data: de 25 de janeiro a 23 de março (de terça a domingo)

Horário de visitação: das 9h às 17h

Local: Sala MAS, na Estação Tiradentes, Linha 1-Azul

Imagem em destaque: Facebook Metro SP