Os moradores do bairro Vila Any, localizado na zona leste da capital, transformaram o principal problema da região em uma forma de obter renda extra. Por conta das chuvas, quase todas as ruas estão alagadas há mais de um mês e, transitar pelo local, se tornou um desafio para os motoristas.

Sabendo disso, a população elaborou uma espécie de “corredor de cooperação mútua” que, além de ajudar a empurrar os veículos encalhados na água, também recolhe placas e outras peças que caem ao londo percurso.

Em troca, os condutores retribuem com uma pequena quantia de valor pelos favores prestados. Um negócio informal, que parece ter nascido do ditado popular para aproveitar “os limões que a vida te dá e transforma-los em limonada”.

“Nós pegamos [as placas] e devolvemos para as pessoas e, em troca, recebemos uma caixinha e elas vão embora. Quando cai os para-choques pegamos, se o carro morre no meio da água nós empurramos e levamos para o outro lado”, conta Matheus Venâncio, munícipe da Vila Any.

A Vila Any pertence a gestão do distrito de Itaim Paulista, e concentra uma grande quantidade de casas construídas em situação irregular. Para mais informações, acesse a reportagem elaborada pelo ‘Bom Dia SP’ clicando aqui.

Foto: Ponte da Vila Any.

Fonte: As informações são da redação do Acontece e do jornal ‘Bom Dia SP’.