Jornalista Paulo Henrique Amorim  — Foto: Divulgação / TV Record

Jornalista morreu de enfarte no Rio de Janeiro.

Morreu na manhã desta quarta-feira (10) o jornalista Paulo Henrique Amorim, aos 76 anos. Ele trabalhou em diversas redações, inclusive na Globo.

Seu último emprego foi na TV Record, mas estava fora do ar desde o mês passado, quando foi afastado do programa Domingo Espetacular. O jornalista morreu de enfarte na capital fluminense.

O jornalista da Record ficou mais conhecido nos últimos anos por sua posição política em defesa do PT e críticas ostensivas ao Governo Bolsonaro, chegando a se tornar um problema político para a Rede Record. No seu Programa Conversa Afiada, transmitido pela internet, Paulo Henrique não poupava críticas ao atual governo. Será lembrado como um jornalista polêmico e com convicções ideológicas pró esquerda bem definidas.