O Manas do 15 é um grupo de mulheres empreendedoras q têm como objetivo se recolocarem no mercado de trabalho. Liderado por moradoras de São Miguel Paulista, o grupo já atingiu 20 mil seguidoras nas redes sociais que interagem diariamente oferecendo seus produtos, buscando ofertas ou comprando os mais diversos itens disponibilizados na página.

Autorizadas a vender, são 550 mulheres atuando em forma de rodízio na feira física que ocorre aos sábados. O endereço da instalação da feirinha era a Praça do Forró, no entanto, a subprefeitura de São Miguel proibiu o funcionamento da feira naquele espaço público, segundo consta, para não desagradar a Catedral de São Miguel.

Foto: Bazar a céu aberto – (Imagem de Reprodução)

Houve intensa mobilização das Manas do 15 nas redes sociais e que culminou com uma passeata que saiu da Praça do Forró e terminou na porta da subprefeitura, obrigando o subprefeito Edson Marques a receber uma comissão organizadora em seu gabinete. Houve em seguida reunião plenária com todas as interessadas e a solução encontrada foi permitir o funcionamento da feira na praça central do Jardim Helena.

Neste sábado, 11 de maio, a feira voltou a funcionar com autorização da subprefeitura de São Miguel. Queremos parabenizar as guerreiras coordenadoras do grupo Thamires de Fátima Nunes e Daniela Santos Silva, Evelaine Paz, Thais Aparecida Vieira e Silvia Nogueira, entre outras tantas que lideraram esse justo movimento de reivindicação de um espaço para trabalharem com dignidade. Sem a determinação de vocês nada disso seria possível acontecer.

A feira exclusiva para mulheres tem como uma das regras o valor máximo de R$15 por produto, sendo ele novo ou usado. No novo formato, o negócio também conhecido como feira do desapego da Zona Leste, tem barracas personalizadas, crachás, coletes de identificação e um rodízio para que as 550 cadastradas se revezem, trabalhando 130 a cada sábado. O grupo que nasceu há oito meses, tem 70% das mulheres moradores de São Miguel Paulista e também mobiliza as integrantes para doação de alimentos a mulheres que buscam ajuda.

Abaixo, você pode conferir um vídeo da mobilização em frente a Subprefeitura de São Miguel:

Fonte: As informações são da redação do portal ‘Acontece Agora’.