Obras do CEU São Miguel não prevê a troca do piso sintético da quadra esportiva

0
631

Lideranças de São Miguel Paulista

Tomamos conhecimento através do Grupo de whatz Lideranças de São Miguel NESTA SEXTA-FEIRA (17), que tiveram início as obras de reforma da Quadra Esportiva do CEU São Miguel, localizado no Jardim São Vicente. Segundo informações do prof. Irineu, presidente do Vamo Q Vamo e responsável pelo projeto esportivo para crianças carentes que funcionava na quadra, antes da construção do CEU. “O mestre de obra responsável pela reforma do equipamento disse que só irão fazer alambrados e colocar redes nova, mas a reforma não prevê a troca do piso sintético da Quadra, que está deteriorado e sem a mínima condição de uso”. Ainda segundo o prof. de educação física, “Isto é um absurdo! Construir o CEU inteiro e deixar só o piso sintético da quadra sem reforma”.

Quando o CDC funcionava, antes de iniciar a construção do CEU, havia ali uma intensa atividade esportiva, cultural e de laser para todos os jovens do entorno e para a terceira idade. E a quadra com piso sintético era o centro de todos os acontecimentos e era utilizada constantemente para as atividades dos garotos, tais como: projeto Vamo Q Vamo de Futebol, Vôlei, Futsal Feminino, Teatro, Dança, Hip Hop, Telecentro, Ponto de Leitura, Dança, Ginástica Artística etc.

Histórico desta Obra

O CEU São Miguel teve suas obras iniciadas em dezembro de 2015 ao custo de mais de R$ 36 milhões, a intervenção integraria a Emef Almirante Pedro Frontin, o Clube da Comunidade Tide Setubal, a Emei Professora Helena de Paula Marin e o Centro Esportivo São Vicente.

Também seriam construídas duas escolas de educação infantil que atenderiam 508 crianças de zero a cinco anos. No entanto, a conclusão da obra, que estava prevista para dezembro de 2016, não ocorreu. Em 19 de julho de 2017, já na gestão Doria, foi publicado no Diário Oficial da Cidade sua suspensão temporária.

Naquela época o Mini Balneário, como era conhecido o Clube oferecia diversas atividades esportivas como aulas de judô, ioga e natação/hidroginástica gratuitas para a comunidade, sendo que mais de 80% das pessoas faziam aulas de natação eram idosos que não tinham condições de pagar.

Recentemente o prefeito Bruno Covas determinou a retomada das obras de todos os CEUs que estavam com obras paralisadas.