hoje, (16.09)  ocorreu uma paralisação relâmpago  no mais importante Hospital público da Zona Leste, em Ermelino Matarazzo.  
Os profissionais administrativos desta unidade, (AGPPs e ASTs) decidiram cruzar os braços para protestar junto ao Sindsep.
Reivindicando uma melhora significativa em seus salários base e reestruturação de carreiras, os profissionais questionam a Prefeitura sobre a falta de ajustes de salário que se encontra a uma década em defasagem
(anualmente ocorre o ajuste 0,01% sobre folha de pagamento) .
Os  municipais que fazem a máquina administrativa e operacional da Prefeitura Municipal de São Paulo  funcionar querem uma reestruturação que garanta uma valorização da carreira e recupere as perdas salariais que ultrapassam 39%.!
Desde o aumento do salário mínimo, efetuado pelo então Presidente da República, Sr. Jair Bolsonaro,( o valor do salário mínimo se encontra em R$ 998) não ocorreu nenhum posicionamento da Prefeitura em relação a reajustar os salários destes profissionais que se encontram abaixo do teto mínimo para categoria (R$ 920,18).
Os Profissionais de diversas unidades se preparam para um novo ato de greve que ocorrerá  no dia 19/09 em frente a sede da Prefeitura.



SERVIÇOS

SINDSEP || Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo
Facebook: www.facebook.com/sindsep
Página: www.sindsep-sp.org.br
Instagram: www.instagram.com/sindsepsp
Telefone: 11 2129 2999
Whatsapp Oficial Sindsep: 11 97025-5497. .

Foto em destaque: Administrativos do Hosp. Mun. Prof. Dr. Alípio Corrêa Netto aderem a Paralisação Relâmpago a favor de reajuste de salário (crédito: Pedro Canfora/Sindsep)