Ocorrência da Rota começou no bairro do Tatuapé, na Zona Leste, e terminou cerca de 20 km depois.

Uma perseguição policial terminou com quatro mortos em um suposto confronto na Via Dutra, em Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite de quarta-feira (17). A ocorrência começou no bairro do Tatuapé, na Zona Leste da capital, e terminou no km 214 da Dutra, cerca de 20 km depois.

Segundo a Polícia Militar, ao chegar na altura da rodovia, o pneu do carro dos criminosos furou e os policiais da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), que estavam na perseguição, foram recebidos a tiros. Ao reagir, os policiais mataram os quatro suspeitos.

Perseguição policial terminou com quatro mortos na Rodovia Presidente Dutra — Foto: Reprodução/TV Globo

A pista expressa da Via Dutra ficou totalmente interditada no sentido Rio de Janeiro na altura do km 214 para a realização da perícia e retirada dos corpos. O tráfego de veículos era desviado pela pista local.

O trabalho da perícia, que começou às 3h30 da manhã, foi encerrado por volta das 6h30. No entanto, a pista permaneceu interditada até por volta das 8h, quando os cadáveres foram retirados por uma ambulância da concessionária responsável pela rodovia.

Por volta das 6h, motorista curiosos e desatentos ao trânsito na pista local provocaram um engavetamento com pelo menos cinco veículos, no sentido Rio. Ninguém se feriu, mas, devido ao acidente o trânsito ficou congestionado.

Mais tarde, por volta das 7h50, outros três carros bateram no mesmo local após um motorista reduzir a velocidade para ver a ocorrência na pista expressa.

O caso era registrado no 7º Distrito Policial (DP) de Guarulhos.