A Polícia Civil de São Paulo interrompeu, na madrugada deste domingo (4), uma festa clandestina com cerca de 130 pessoas. O evento acontecia na região do Grajaú, na zona sul da capital paulista.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, 55 participantes do evento não usavam máscara, e nenhum deles respeitava o distanciamento social. A polícia afirma que havia narguilés no local, “que possivelmente estavam sendo compartilhados entre os jovens”.

Entre os participantes da festa estava um foragido da Justiça, que foi preso. A polícia também apreendeu três máquinas de cartões bancários e equipamentos de som. Os responsáveis foram autuados por infração de medida sanitária preventiva e encaminhados ao DPPC (Departamento de Proteção à Pessoa e à Cidadania).

Plano São Paulo proíbe eventos com aglomeração

Os municípios do estado estão na fase emergencial do Plano São Paulo, que tem medidas mais rígidas de restrição de circulação. As restrições valem até o dia 11 de abril.

Pelas regras do plano, só serviços essenciais podem funcionar. A fase emergencial também determina toque de recolher entre as 20h e as 5h, e impede o acesso a parques e praias. Qualquer tipo de aglomeração está proibido.

Fonte UOL