A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) inaugurou nesta segunda-feira (19), na região de São Mateus, na Zona Leste da capital, dois serviços de assistência social: a República para Adultos São Lázaro II e o Serviço de Assistência Social à Família e Proteção Social Básica no Domicílio (SASF) Comunidade em Foco – Iguatemi II.

“Hoje inauguramos dois serviços de suma importância para o Extremo Leste. O primeiro deles é a República para Adultos São Lázaro, que atenderá 20 mulheres. O segundo é o SASF Iguatemi II. Por meio dele será feito um atendimento por agentes irão até a residência das pessoas. São mil famílias em situação de vulnerabilidade que receberão orientação quanto aos seus direitos e encaminhamento para os serviços de saúde. É a Prefeitura de São Paulo ampliando seu serviço de assistência social ainda mais agora, neste período de pandemia, quando aumentou ainda mais a vulnerabilidade”, declarou o prefeito Ricardo Nunes.

Para Berenice Gianella, secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, a importância dos serviços da Prefeitura está na diversificação dos acolhimentos.

Continua após o anúncio...

“A República é um serviço para mulheres com mais autonomia. Temos os grandes abrigos, estamos alugando quartos nos hotéis para famílias e agora para elas. O SASF presta um apoio e assistência à família que é muito importante. Faz uma busca ativa para aquelas que deixaram de receber o Bolsa Família, por ter descumprido alguma condicionalidade como matrícula das crianças na escola, vacinas. É um serviço que também ajuda a verificar a situação de violência doméstica contra mulheres e crianças”, explicou

Sobre os novos equipamentos

A República para Adultos São Lázaro II será destinada para atender adultos com idade acima de 18 anos. São mulheres com vivência de rua, que foram abandonadas por suas famílias ou com vínculos fragilizados, em situação de vulnerabilidade social e sem condições de moradia. As acolhidas devem ter autonomia financeira para contribuir com as despesas da casa.

O mobiliário do serviço foi adquirido por verba de implantação e por SMADS. O imóvel tem acessibilidade e conta com cinco quartos, quatro banheiros, cozinha, sala e a área externa. As acolhidas contarão com o acompanhamento de um gerente para gestão coletiva da moradia, apoio na construção de regras de convívio, definição da forma de participação nas atividades domésticas cotidianas e gerenciamento de despesas.

Adultos e jovens

Com a nova unidade, a rede socioassistencial da SMADS contará com seis Repúblicas para Adultos (18 casas), com 235 vagas, nas regiões da Sé, Santana, Mooca, São Mateus e Aricanduva. O município também tem oito Repúblicas para Jovens com 16 casas e dispõe 96 vagas nas regiões da Casa Verde, Ermelino Matarazzo, Aricanduva, Lapa, Pirituba/Jaraguá, Itaquera, Penha e Capela do Socorro.

As vagas são referenciadas nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e podem ser viabilizadas por meio de órgãos do sistema de garantia de direitos.

SASF Iguatemi II

O Serviço de Assistência Social à Família e Proteção Social Básica no Domicílio (SASF) Comunidade em Foco – Iguatemi II é o segundo desta natureza implantada na região de São Mateus. Será direcionado às famílias em situação de risco e vulnerabilidade social, onde serão oferecidos benefícios como inclusão nos programas de transferência de renda, acesso à rede socioassistencial, garantia de direitos e desenvolvimento de potencialidades. Os assistidos também serão orientados sobre participação e ganho de autonomia por meio de ações socioeducativas e preventivas às situações de risco, exclusão e isolamento dos grupos familiares.

Neste início serão cadastradas mil famílias que, na sequência, serão visitadas. O objetivo é fortalecer e proteger esses grupos, prevenindo agravos que possam provocar o rompimento dos vínculos sociais, além de desenvolver ações junto a idosos e pessoas com deficiência, por meio da proteção social no domicílio.

O espaço conta com salas individuais para atendimento social e atividades em grupo, além de três banheiros. Um deles é adaptado para deficientes.

A equipe de atendimento será composta por assistentes sociais, psicólogo, pedagogo, orientadores e oficineiros para atender às demandas dos usuários e encaminhá-los para os diversos serviços da prefeitura. O SASF Comunidade em Foco fica na Rua João Crispiniano Soares, 98 e vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Repasses

A República para Adultos São Lázaro e o SAF Iguatemi serão administrados pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), por meio de parceria com a Organização da Sociedade Civil (OSC) Comunidade Educacional de Base Sítio Pinheirinho (CEBASP), com repasses mensais de R$ 26 mil para a República e de R$ 68 mil para o SASF .