Com a participação da comunidade, evento promove a valorização da cultura e o incentivo a leitura.

A Prefeitura de São Paulo, por meio das secretarias de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Educação, realizou nesta terça-feira, 22 de outubro, a cerimônia de abertura da 5º edição da Feira Literária de Cidade Tiradentes (FLICT). O evento, que será realizado até 27 de outubro, oferece uma série de atividades culturais gratuitas para a comunidade, como apresentações musicais, contações de histórias, saraus, rodas de poesias e atividades culturais.

Com o tema “Todos podem aprender”, a cerimônia realizada no CEU Água Azul, na zona leste, contou com uma apresentação musical ministrada pelo professor Igor Cavalcante com a canção “Quem canta seus males espanta”, com a participação de todo o público presente. A escritora Claudia Canto, de Cidade Tiradentes, também participou do evento, relatando a experiência que têm com a profissão e destacou a importância do incentivo à leitura na juventude.

“Além de qualificar os moradores dessa região por meio de cursos técnicos e profissionalizantes, nós promovemos através de ações culturais, como a FLICT, o incentivo à leitura e a valorização da cultura local, eixos fundamentais para o desenvolvimento social da cidade”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Participaram da cerimônia de abertura da Flict 2019 a diretora da Fundação Paulistana, Andrea Lua, a gestora do CEU Água Azul, Angélica Batista, a diretora da Escola Makiguti, Valdirene Tizzano, e a diretora Regional de Ensino de Guaianases, Lucimeire Santana. A cantora Prsicila Amorim também marcou presença no encontro, apresentando o seu trabalho musical.

“Por meio da literatura eu pude compreender e identificar o valor de ser quem eu sou, de ter orgulho de vir de Cidade Tiradentes e viajar mundo afora, disseminando a minha verdade. Riqueza maior não há”, destaca Claudia Canto. 

A Feira, realizada anualmente desde 2015 pela Fundação Paulistana, entidade vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, conta com a participação da comunidade e de associações e ONGs da zona leste na produção de atividades e encontros culturais. Ao todo, mais de 70 atrações formam a programação totalmente gratuita da FLICT 2019, que atende os moradores e a rede pública de ensino de Cidade Tiradentes.A Escola Makiguti e o Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, equipamentos administrados pela Fundação Paulistana, serão palco de parte da programação do evento, que acontece em todo o distrito. A programação completa da Feira Literária de Cidade Tiradentes pode ser acessada na página do CFCCT por meio do link: http://bit.ly/2W5D2tO